Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
185 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58296 )
Cartas ( 21211)
Contos (12892)
Cordel (10242)
Crônicas (22116)
Discursos (3152)
Ensaios - (9263)
Erótico (13457)
Frases (45487)
Humor (18989)
Infantil (4217)
Infanto Juvenil (3310)
Letras de Música (5511)
Peça de Teatro (1329)
Poesias (138804)
Redação (3008)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5292)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->INSÔNIA -- 15/10/2004 - 17:45 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
INSÔNIA


0000FF”>Os ponteiros do relógio estão a girar,

A madrugada está para chegar

E amanhã eu preciso trabalhar.

Mas sei que não adianta deitar

Se não consigo parar de pensar

Num verso para rimar.

Então eu trato de me levantar

E vou até a sala buscar

Algumas folhas para rabiscar.

Então para fora eu começo a botar

Tudo aquilo que está a me incomodar

Nessa linda noite de luar.

Agora sim! Já posso descansar.;

No sono acaba de pegar...



LEIA TAMBÉM:

O ORGULHO DE SER PETISTA


SÚPLICAS DE UM DEVASSO


UMA NINFA


NOSTALGIA

ARREPENDIMENTO

TODA VEZ QUE VOCÊ VAI EMBORA

RETRATOS URBANOS (1)

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui