Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
97 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57091 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10090)
Crônicas (22211)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43733)
Humor (18475)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2710)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138301)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4885)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A DEBANDADA DA USINA -- 03/10/2005 - 17:33 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A DEBANDADA DA USINA


Hoje estive dando uma olhada no placar de assinantes e constatei um fato curioso: o número de assinantes diminuiu consideravelmente nos últimos seis meses. Lembro-me que há mais ou menos seis meses atrás, quando renovei mais uma vez minha assinatura por mais seis meses, o número de assinantes era de quase cento e noventa. Isso mesmo! Havia 190 assinantes. Hoje porém havia somente 173 assinantes. Aí eu parei para pensar no que poderia estar acontecendo para ocorrer uma debandada assim tão grande da Usina de Letras.

Não quero ser o dono da verdade. Estou tão somente fazendo especulações. Até porque quem realmente tem que se preocupar com isso é os responsáveis pelo site. Contudo, dou-me o direito de levantar algumas hipóteses.

É evidente que essas pessoas abandonaram a Usina de Letras porque não se sentiram satisfeitas com a mesma, ou seja, por se tratar de um site de literatura, pelo menos em sua proposta, a Usina não correspondeu às expectativas dos referidos autores.

Mas se isso é verdadeiro, então qual é a causa?

A causa pode estar no comportamento dos colegas usineiros. Não digo de todos obviamente, mas de uma pequena minoria que não está nem aí, que preferem bagunçar à ajudar a transformar a Usina de Letras num sonho para muitos aspirantes a escritores.

É indiscutível que determinadas atitudes (como as do Sr. Carlos Cunha, que está condenando a usina a se transformar em mais um site classificado como pornográfico; do Sr. Anticristo, que clica nos seus próprios textos e desmotiva os colegas a escrever, pois sabem que estarão sempre em desvantagem; como as de mais meia dúzia de colegas, que atribuem nota 10 várias vezes ao mesmo texto só para que apareçam como os textos mais votados) fazem como que muitos autores sérios se afastem da Usina de Letras. Quantas e quantas pessoas, autores cuja qualidade literária era de alto nível, abandonaram a Usina de Letras por causa de pessoas como as citadas acima?

Não sei aonde a Usina irá parar se continuar desse jeito, mas se nada for feito coibir que irresponsáveis destruam a Usina ela terá em poucos meses somente umas poucas dezenas de assinantes. E aí, quando os responsáveis pelo site derem conta, pode ser tarde demais.





LEIA OUTROS ARTIGOS DO MESMO AUTOR:

NÃO VOU FICAR CALADO

OS 300 PICARETAS

O FIM DO GOVERNO LULA

USINA DE QUÊ?

PROPOSTAS PARA O FIM DA CORRUPÇÃO

LITERATURA E PORNOGRAFIA

POR QUE MARCOS VALÉRIO MENTE TANTO?

E AGORA PT?

O GOVERNO LULA E A REVOLUÇÃO FRANCESA

A USNA DE LETRAS E A CORRUPÇÃO

EU QUERO O MEU PT DE VOLTA

A MULHER TRAÍDA

AOS USINEIROS

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui