Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
108 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57111 )
Cartas ( 21170)
Contos (12592)
Cordel (10092)
Crônicas (22212)
Discursos (3137)
Ensaios - (9017)
Erótico (13404)
Frases (43769)
Humor (18490)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138316)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4892)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NA PENUMBRA DE UM DIA CHUVOSO -- 30/04/2006 - 17:08 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
NA PENUMBRA DE UM DIA CHUVOSO


Na penumbra de um dia chuvoso

De um instante fui me lembrar

Tratava-se de um momento gostoso

Em que dois lábios estavam a se tocar.



Éramos eu e você naquele dia úmido

Onde a chuva acariciava nossa tez

E nos fazia nos mantermos unidos

Como se o frio nos grudasse de vez.



Como a lembrança desse instante

Faz-me encher o peito de alegria!

É como se quisesse voltar novamente

Àquele ímpar e inesquecível dia.



Mas tudo são lembranças do passado

De um tempo que não voltará jamais

Então que o passado fique enterrado

Pois é o presente que conta mais.







LEIA TAMBÉM:

O BEIJO SEM CULPA


SÓ MESMO AMANDO VOCÊ


QUE A BRISA DE NOSSO AMOR

MINHA LOUCURA É VOCÊ

EU NÃO TERIA MOTIVOS PARA VIVER

SAUDADES DE UM GRANDE AMOR

COM ESSE TEU JEITO

NÃO ME LEMBRES QUE O DIA AMANHEÇA

CHEGA DE SOFRER

AO SOM DE UMA BRISA

POR TEUS LÁBIOS ARDENTES

NÃO IRÁS SE ARREPENDER

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui