Usina de Letras
Usina de Letras
63 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59266 )

Cartas ( 21241)

Contos (13145)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9460)

Erótico (13486)

Frases (46705)

Humor (19310)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138412)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5562)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->A BOLA DA VEZ -- 06/04/2010 - 17:34 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A BOLA DA VEZ


Depois da redemocratização
De quatro em quatro anos
Temos uma nova eleição
Para eleger o soberano
Que vai comandar a nação
Rumo a um destino
Cuja grandeza é nossa razão.

Fernando Henrique fez
A sua parte com o Real
E Lula foi a bola da vez
Ao fazer cair na real
O mundo por sua vez
De que o Brasil é primordial
Nesses tempos de insensatez

Agora quem terá o dever
De comandar a nação
Ao vencer a próxima eleição
Isso eu não sei dizer
O povo que preste atenção
E não se caia na tentação
De agir com insensatez.

ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO ORKUT
NO FACEBOOK
TWITTER
NO MEU BLOG




LEIA TAMBÉM:
QUE O FUTURO CHEGUE JÁ
NÓS, OS POLÍTICOS RUINS
E A BOLHA ESTOUROU
AS RUAS NÃO SÃO MAIS PÚBLICAS
O FANTASMA DA INFLAÇÃO
SONHOS DESFEITOS
VADIA
QUE EM 2007 FINALMENTE
NÃO ENVERGONHE MAIS A NAÇÃO
DESEJO DE MUDANÇA
MAIS UM ANO DO "ÃO"
USURPANDO UM MENSALÃO
E ENTÃO PRESIDENTE?
SAUDADES DA VELHA USINA
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui