Usina de Letras
Usina de Letras
99 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62141 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10337)

Erótico (13566)

Frases (50548)

Humor (20020)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4749)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140779)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->SEUS OLHOS, SEUS LÁBIOS, SUA PELE E SUA VOZ -- 31/01/2000 - 20:19 (antonio temoteo dos anjos sobrinho) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
SEUS OLHOS, SEUS LÁBIOS, SUA PELE E SUA VOZ





“Amo-te muito.; adoro-te, confesso”


Humberto de Campos, Poesias Completas, p.54.











São lindos seus olhos, seus lábios são belos,


sua tez de romã.


Sua voz tem mistério bem como os segredos


de todo amanhã.





Seus olhos decantam num prisma de luzes


as luzes e as cores.;


refletem, cintilam, no brilho resplendem,


da luz o fascínio que deles transcendem


momentos de amores.





Seus lábios se tocam, discretos se beijam


de leve a sorrir


e ficam vermelhos, por vezes purpúreos


como o colibri.





E quando se juntam, se movem, se apartam


com delicadeza,


parece, conversam, tomando um bom vinho,


gostosos molhados, trocando carinho


com muita beleza.





Sua pele um veludo em damasco e avelã


é suave e macia,


tem cor e fragrância do lírio-do-vale


no mês de Maria,





aroma das flores, das fontes, das brisas


das frutas gostosas.


Dos cardos silvestres, das águas nascentes,


das brisas travessas que passam frementes,


tem cheiro de rosas.





Sua voz tem perfume, tem gosto e elegância,


me lembra os licores


o mel, a aguardente, as delícias das plantas


de tão sedutores.





Sua voz é bem quente, me aquece, é serena


em requinte e pudor.


Modula aos acordes de lindos arpejos


palavras que inspiram e atiçam desejos


anseios de amor.





Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui