Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
215 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59061 )

Cartas ( 21235)

Contos (13084)

Cordel (10287)

Crônicas (22192)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46425)

Humor (19256)

Infantil (4428)

Infanto Juvenil (3686)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138178)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->CURTO E GROSSO -- 13/02/2007 - 12:17 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151910313748300

CURTO E GROSSO
Silva Filho


Há cordel de todo tipo
Com romance ou com lenda
Cordel de todo tamanho
De graça ou para venda
Pra quem quer o desafio
O cordel vira contenda.

O meu cordel é de graça
Sem um tipo definido
De tamanho limitado
Bem mais fácil de ser lido
Não tem romance nem lenda
Mas talvez tenha sentido.

O meu cordel é mistura
Da prosa com o repente
Um incesto com poema
Que também é seu parente
Miscelânea dessa vida
Numa rima comovente.

Quem escreve o romance
Faz a arte romanceira
Com enredos intricados
Qual novela brasileira
Eu escrevo pra quem gosta
Duma fêmea brasileira.

Quem escreve uma lenda
No Olimpo quer chegar
Na história bem antiga
Alguém deve mergulhar;
Mas com presente de grego
Eu não quero nem sonhar.

Na verdade só escrevo
Com mulher fazendo mote
Pois meu verso atrevido
Não dispensa um decote
Se couber nas entrelinhas
Vou metendo o meu bote.

Quem não gosta do produto
Não precisa se explicar
Tem o mundo essas coisas
Bem difíceis pra contar
Tem mulher querendo outra
E tomando meu lugar.

/aasf/









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 4107 vezesFale com o autor