Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
91 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Interesses humanos -- 05/11/2004 - 14:39 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A vida, segundo regras humanas

É livro cujos capítulos são escritos

com o sangue do puro e do maldito

e onde a beleza é vulgar e profana



Quando aos seus olhos nascerem lágrimas

que teu amigo em conveniente momento causou

o que serão das sementes que teu suor plantou

em nome de dias que você chamou de dádivas?



Há de se chegar à mesma conclusão

quando o amanhecer trouxer o adeus

daquele rosto meigo cuja fome você saciou



Pois o interesse move o mundo

independente de um passado próspero e feliz

que o tempo rapidamente enterrou.



04 de novembro de 2004
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 283 vezesFale com o autor