Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
107 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57492 )
Cartas ( 21184)
Contos (12620)
Cordel (10174)
Crônicas (22282)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44271)
Humor (18617)
Infantil (3899)
Infanto Juvenil (2844)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138240)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4979)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Até que a morte nos separe -- 26/10/2004 - 08:04 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Tudo começa com grande expectativa

passando pelo momento em que não se sabe

se nossas mãos romperão todas as grades

do sentimento de moral que as fazem cativas



Depois disso, virão dias e noites

que passarão rápido demais

e momentos de êxtase momentâneo nos quais

amor e paixão terão a força de um coice



Finalmente, a união eterna se consumará

quando a cerimônia cara e bem feita

perderá todo o seu brilho e esplendor



Chegará o dia em que eu morrerei

nos seus sonhos mais doces e tenros

como resposta ao seu tédio e à sua dor



25 de outubro de 2004





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 282 vezesFale com o autor