Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
177 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58707 )
Cartas ( 21228)
Contos (12998)
Cordel (10258)
Crônicas (22155)
Discursos (3160)
Ensaios - (9337)
Erótico (13468)
Frases (45906)
Humor (19094)
Infantil (4325)
Infanto Juvenil (3503)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1335)
Poesias (137821)
Redação (3034)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2425)
Textos Jurídicos (1942)
Textos Religiosos/Sermões (5403)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Balada da Sombra -- 10/07/2004 - 13:04 (MARIA PETRONILHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.



Encanta-me, vento

Faz com que adormeça.

Leva-me sol, revelada

Na tua fúlgida aura.

Flores, não me olheis agora,

Apartai-vos da tristeza.

Embala-me, árida terra

Pois me derramo em ternura

Que a ninguém aproveita.

Encerro a custo a vida

No casulo que estiola,

Se inuma em véu de bruma.





Lisboa, 10/7/2004
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui