Usina de Letras
Usina de Letras
51 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60367 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9716)

Erótico (13520)

Frases (48257)

Humor (19555)

Infantil (4830)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139372)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Sonho... um possível sonho -- 08/07/2004 - 19:58 (MARIA PETRONILHO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Não é só meu este sonho

Por que luto, por que vivo

Olhem para o sol fulgindo

A todos acarinhando

Sem distinção criador

Olhem as nuvens nutrindo

De puras águas o chão

Olhem o oiro luzindo

Nas searas que florindo

A todos sustentarão!

Olhem o céu transluzindo

Tanta riqueza nos dando

Escutem o mar sussurrando

Os continentes juntando

Juntemos vontades então!

Sonho ver em cada rosto

A clara luz do sorriso

Sonho que enfim o juízo

Reine e em vez de cobiça

Se governe com justiça

Este berço que nos cabe

Preservar, deixar intacto

Basta de ser se ingrato

Basta de ser-se cobarde

Sonho... um possível sonho

Que estará acontecendo

Se amarmos de verdade!







Lisboa, 8/7/2004



Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui