Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
200 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->MOLDURAS DE SILICONE -- 07/08/2006 - 19:43 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131438348013900900



MOLDURAS DE SILICONE
Silva Filho


Nesse mundo tão complexo
Com muita gente insone
Há quem recuse o sexo
Em homenagem ao clone;
Qualquer um fica perplexo
Quando procura por nexo
Na era do silicone.

Um peito bem torneado
Para impor mais respeito
O bumbum mais reforçado
Para bumbar preconceito;
Com o nariz arrebitado
E o brinquedo apertado
Mulher - produto perfeito.

Coisas da engenharia
Pra beleza feminina
Consertando a ‘lataria’
Qual carro na oficina;
Mas, talvez, sem garantia
Para reforma tardia
Que não fabrica menina.

Depois de tanta reforma
Tem-se a mulher-monumento
E o homem não se conforma
Com esse melhoramento;
Pois então impõe a norma
Que a mulher tome forma
De fêmea, no aposento.

Talvez por puro receio
Ou questão de vaidade
Não deixa premer os seios
Nem forçar a densidade;
Para não ficar alheio
Sai o homem em recreio
Fugindo da gravidade.


Por essas e outras mais
O clone veio a calhar
Se as rotinas carnais
A mulher não quer prestar;
Sem usar os genitais
As clonagens viscerais
Também podem emprenhar.

Querem clonar o Saddam
Para não faltar um alvo
Bin Laden clonou a PAN
Com sua pinta de bravo;
Mas somente amanhã
Sai a ordem da OTAN
Pra fazer algum conchavo.

Também consta o Fidel
Da guerrilha um decano
O homem que sem quartel
Enfrenta americanos;
Se um Fidel for ao céu
Outro fará seu papel
Como clone ou ‘hermano’.

Hugo Chávez quer ser Lula
O Lula quer ser Fidel
O Bush já dissimula
Com sua torre de babel;
Bush diz que ejacula
Até mesmo numa mula
Pra ter um clone fiel.

O Lula não vai entrar
Onde já estão clonando
Porque não vai suportar
Dez mil volts lhe queimando
O Povo quer se vingar
Pelo engano de votar
Neste clone do Fernando.


/aasf/





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 596 vezesFale com o autor