Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
41 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13081)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->CABRA DA PESTE -- 10/07/2006 - 07:58 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197869085420200

CABRA DA PESTE
Silva Filho



Com certeza faz sentido
Um mote bem nordestino
Debaixo do sol a pino
Um sorriso extrovertido;
Com o respeito devido
Um mote assim me convém
Nordeste aqui também tem
E vá guardando na mente
Onde tem cabra valente
Tem nordestino também.

O Brasil fez o Nordeste
E o Nordeste faz cultura
Um povo que tem bravura
Com o seu Cabra da Peste;
Se há fortunas no Leste
Aqui tem mais que xerém
Fique lá com seu vintém
Que eu vou ser convincente
Onde tem cabra valente
Tem nordestino também.

Um pedaço de Brasil
Que tem um povo sofrido
Com deboches ofendido
Por quem tem a mente vil;
Sem ter água no cantil
Vai passando por refém
Mas não deixa seu sedém
Em poltrona deprimente
Onde tem cabra valente
Tem nordestino também.

Se falta água no pote
Sobra coração fraterno
Pois mesmo sem ter inverno
Nasce a rima de um mote;
Vem o arroz com capote
Que vai fazer muito bem
Sem comprar no Armazém
Porque plantou a semente
Onde tem cabra valente
Tem nordestino também.

Eu defendo essa bandeira
Em respeito ao Nordeste
Ainda que só me reste
Um barraco sem soleira;
Mas há gente altaneira
Que não fica tão aquém
Do que muita gente tem
E do que um rico sente
Onde tem cabra valente
Tem nordestino também.

/aasf/
MOTE E GLOSA: Silva Filho




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 1006 vezesFale com o autor