Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
190 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58147 )
Cartas ( 21211)
Contos (12856)
Cordel (10239)
Crônicas (22090)
Discursos (3147)
Ensaios - (9227)
Erótico (13452)
Frases (45297)
Humor (18938)
Infantil (4160)
Infanto Juvenil (3233)
Letras de Música (5506)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138718)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5252)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->A me arresponda Lili -- 14/03/2006 - 09:15 (Jorge Ribeiro Sales) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A me arresponda Lili

Deu um nó em minha cabeça
Eu quase tombei aqui
O cordel é de Silva Filho
Mas quem assina é Lili
O Silva tem muito estilo
Escreve pra mais de quilo
O Silva Filho é Almir

O Silva Filho é Almir
Você pode ter certeza
Que veio saudar Lili
E toda a sua realeza
A Lili é a maioral
É Maial e coisa e tal
A Lili é uma beleza

A Lili é uma beleza
Desde que chegou aqui
Ela se junta a Milene
E começa o tititi
A Milene é de arder
Mas amigo pode crer
O Silva Filho é Almir

O Silva Filho é Almir
Que assina aas e um f
Ele é um cara legal
E não ia fazer blefe
A Lili é assanhada
Quando viu o camarada
Veio toda serelepe

Veio toda serelepe
Quase foi pro Piauí
Este seu assanhamento
Eu juro que nunca vi
Falo com convicção
Afirmo em primeira mão
O Silva Filho é Almir

O Silva Filho é Almir
Ele não faz galanteio
Mas juro que não entendo
Como foi que o cordel veio
Lili, se cê postou no Usina
A me arresponda menina
Almir mandou por e-mail?

Jorge Sales




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui