Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
160 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58715 )
Cartas ( 21228)
Contos (12996)
Cordel (10259)
Crônicas (22157)
Discursos (3160)
Ensaios - (9339)
Erótico (13470)
Frases (45915)
Humor (19099)
Infantil (4328)
Infanto Juvenil (3505)
Letras de Música (5466)
Peça de Teatro (1333)
Poesias (137829)
Redação (3036)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2425)
Textos Jurídicos (1942)
Textos Religiosos/Sermões (5404)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->MÃE: OÁSIS DE PAZ -- 05/05/2004 - 14:16 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. MÃE: OÁSIS DE PAZ

Filomena Rocha Carvalho Dantas, em 05/05/2004



MÃE é uma criatura perfeita,

cheia de amor e de carinho.



Seu amor é imenso,

não importando a quantos

filhos tenha que atender.



Aquele que tem MÃE,

tem um pedacinho do céu.

Há quem diga que ser MÃE

é padecer no paraíso.



MÃE é a única que,

ao sentir a dor do parto

e o nascimento do filho amado,

esquece a dor e passa para

um estado de plena Felicidade.



Ela faz do filho amado o seu mundo,

renegando a própria vida

em prol do seu filho.



A MÃE representa o porto seguro,

aquela que com seu olhar

e um simples abraço

tem o dom de acalmar.;

é a heroína de mais TERNA IDADE.



MÃE, mulher valiosa,

companheira, corajosa,

conselheira de todas as horas,

nosso refúgio predileto.



Dedico esse poema à minha MÃE,

Maria das Neves Rocha de Carvalho,

e a todas as MÃES deste mundo.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui