Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
121 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57774 )
Cartas ( 21192)
Contos (12698)
Cordel (10208)
Crônicas (22323)
Discursos (3143)
Ensaios - (9127)
Erótico (13427)
Frases (44588)
Humor (18711)
Infantil (3976)
Infanto Juvenil (2916)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138422)
Redação (2956)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5044)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->A POESIA adocica a vida do ser humano -- 22/11/2005 - 09:57 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A POESIA adocica a vida do ser humano
José de Sousa Dantas, em 22/11//2005

A POESIA é um afago
para a ALMA da pessoa,
que sensibiliza, ecoa,
preenche o silêncio vago,
possui um encanto mago,
suave, atraente e lhano,
e se afirma sem engano,
agrada e dignifica.
A POESIA adocica
a vida do ser humano.

A POESIA faz parte
da nossa VIDA e habita
em todo canto e suscita
o crescimento da arte,
toda cultura e, destarte,
durante o cotidiano,
no mundo em qualquer um plano,
se busca e se identifica.
A POESIA adocica
a vida do ser humano.

A POESIA é a mais
refinada das lições,
com melhores expressões,
que transmitem luz e paz;
e ajuda, constrói e faz
o homem sentir-se urbano,
seja jovem ou veterano,
cada um se qualifica.
A POESIA adocica
a vida do ser humano.

Em tudo tem POESIA,
só falta ser enxergada,
destacada e cultivada
a sua sabedoria;
quem busca, imagina e cria,
caminha sem desengano,
trabalha, elabora um plano,
implementa e exemplifica.
A POESIA adocica
a vida do ser humano.

Uma trova ou um quarteto,
um poema ou uma prosa,
um cordel ou uma glosa,
um romance ou um soneto,
uma frase ou um terceto,
um martelo alagoano,
a música de um piano,
o som de uma cuíca,.......
A POESIA adocica
a vida do ser humano.

Em essência, a POESIA,
é nobre, eterna, divina,
espontânea, genuína,
cheia de encanto e magia,
de surpresa e harmonia,
um imenso oceano,
que o Mestre Soberano
aos homens ratifica.
A POESIA adocica
a vida do ser humano.

A POESIA nos fascina,
nos inspira, nos alenta,
nos eleva, nos contenta,
nos encanta, nos ensina,
nos mexe, nos ilumina,
seja no gênero profano,
romântico ou parnasiano,
qualquer um nos edifica.
A POESIA adocica
a vida do ser humano.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 69Exibido 1011 vezesFale com o autor