Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->DENTRO DELA -- 05/09/2005 - 07:33 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131438347008857500
DENTRO DELA.
Silva Filho



O melhor do meu sertão
É minha casa modesta
De todo lado tem fresta
E do sol tem o clarão.
Quando vem a escuridão
Meu instinto se revela
Quero deitar de costela
Minha vontade comanda,
UMA REDE NA VARANDA
DENTRO DELA, EU E ELA.

Eis a melhor recompensa
Depois de tanta labuta
Mas alguém vem e insulta
Diz que na rede dou prensa;
Resposta não há extensa
Para quem não deita nela
Na minha rede amarela
Tenho uma vida mais branda,
UMA REDE NA VARANDA
DENTRO DELA, EU E ELA.

Quando cai a chuva fina
Os dois parecem só um
E um gemido é comum
Pois nessa rede combina;
Amassando a colombina
A noite é mais que bela
Pois me cavalga sem sela
Em sua própria ciranda
UMA REDE NA VARANDA
DENTRO DELA, EU E ELA.

Mas se a noite é de luar
O terreiro fica em festa
Qual verdadeira seresta
Há sempre alguém a cantar;
Se o negócio é namorar
Com luar, dispenso a vela
Vou afrouxando a fivela
E o amor manda e desmanda
UMA REDE NA VARANDA
DENTRO DELA, EU E ELA.

Não me apetece outra vida
Viver assim vale a pena
Meu amor não me condena
Jamais reclama da lida;
Não vou deixar esquecida
Quem comigo faz novela
Faz na rede, não na tela
E nos beijos não desanda
UMA REDE NA VARANDA
DENTRO DELA, EU E ELA.

/aasf/
MOTE E GLOSA: Silva Filho


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 807 vezesFale com o autor