Usina de Letras
Usina de Letras
115 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10347)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->O melhor amigo -- 30/01/2004 - 19:19 (Zara) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Quanto brincava!

Oh, velho Deus, como lembro

Sem a aspereza do tempo

Minha memória recorda.

Meu habitat: o quintal

Toda arte da infância

Corridas, pulos, tropeções, gritos, muita animação

Heroísmos do lutador, do guerreiro que pensava ser.

Eram eu e o meu melhor amigo

A ficar tardes após a escola

A ver o instante do poente

Em que descobríamos o valor do dia

E a importância de estarmos sempre juntos e unidos.

Nunca brigávamos, nunca discutíamos

Éramos a repetição do outro

Quando estava em um a tristeza

A dor o outro já sentia.

Éramos a força e a fraqueza,

A luta e a resignação

Juntos, nos tornávamos tudo.



Crescemos e sofremos o inevitável transcorrer do tempo,

Mas ainda continuamos os mesmos amigos

Mais maduros é claro

Moramos na mesma casa

Vamos aos mesmos lugares

Fazemos juntos as mesmas coisas

Somos apaixonados um pelo outro

Vivemos no mesmo corpo

O meu melhor amigo é a minha imaginação.







E-mail: btmtg@bol.com.br

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui