Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
39 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59061 )

Cartas ( 21235)

Contos (13084)

Cordel (10287)

Crônicas (22192)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46425)

Humor (19256)

Infantil (4428)

Infanto Juvenil (3686)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138178)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->VERSO & PAIXÃO -- 17/03/2005 - 07:05 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151908733646100
VERSO & PAIXÃO
Autoria: Silva Filho


O Ser Humano cultiva
Um dom legado por Deus
Entre os apanágios seus
Sua verve cresce altiva;
O Menestrel, de oitiva
Engendra bem um refrão
Se tem na senda um clarão
Sua mente tem progresso
O QUE PENSO VIRA VERSO
E O VERSO VIRA PAIXÃO

Nunca falta um motivo
Nunca falta um bom tema
Sem um prévio teorema
O bardo é sempre expansivo;
O seu dom é descritivo
Brotando de um desvão
Cada verso traz lição
De todo o nosso universo
O QUE PENSO VIRA VERSO
E O VERSO VIRA PAIXÃO

Contemplando a natureza
O vate desborda a arte
E o seu trabalho, destarte
Corre em fluidos de beleza;
Duma coisa tem certeza
Quando busca a inspiração
Quem recorre ao coração
Não tem o estro disperso
O QUE PENSO VIRA VERSO
E O VERSO VIRA PAIXÃO

Quando o verso é intimista
O bardo explora por dentro
O imo, que é o centro
De um carma iluminista;
Célula-mãe do artista
Levando ar ao pulmão
Trespassando o coração
Pela frente, pelo anverso
O QUE PENSO VIRA VERSO
E O VERSO VIRA PAIXÃO

Qualquer tema tem relevo
Como suporte de vida
Qualquer rima tem guarida
No escrínio do enlevo;
Quem quer um estro longevo
Deve ter contemplação
Rimar irmão com perdão
No mar de paz, sempre imerso
O QUE PENSO VIRA VERSO
E O VERSO VIRA PAIXÃO

aasf
MOTE E GLOSA: Silva Filho



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 1397 vezesFale com o autor