Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
47 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59013 )

Cartas ( 21233)

Contos (13072)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9398)

Erótico (13482)

Frases (46351)

Humor (19239)

Infantil (4419)

Infanto Juvenil (3662)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138121)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5487)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->PERFIL EM RASCUNHO -- 04/03/2005 - 07:18 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197870262258800


PERFIL EM RASCUNHO
autoria: Silva Filho


Não sou bardo afamado
Não componho as elites
Tenho estro conformado
Dentro de certos limites;
Vou fazendo meu estrado
Sendo sempre desprezado
Em matéria de convites.

Sou assim sem eloqüência
Sou volúvel sem querer
Gosto da impertinência
Ou de zombar do saber;
Não me atrai a conivência
Com essa tal de ciência
Que deixa o mundo morrer.

Não entendo da doutrina
Que dizem “democracia”
Não conheço a medicina
Que cure qualquer “Maria”;
Não dispenso a cafeína
Quando vejo na esquina
Fogo, sangue - artilharia.

Não conheço deputado
Muito menos presidente
Quem ocupa o Senado
Ou prefeito competente;
Vivo aqui no meu roçado
Sem água, pasto nem gado
Qual espectro de gente.

Não conheço a comida
Que mitiga nossa fome
E escola bem assistida
Que ao pobre dê um nome;
Nem bom projeto de vida
Dando a devida guarida
A quem não tem sobrenome.

Não conheço o dinheiro
Que atende por “imposto”
E sumiu por um bueiro
Deixando aqui só desgosto;
Não conheço conselheiro
Nem agente, nem banqueiro
Que se diga meu preposto.

Só conheço a campina
Dentro da simplicidade
Quem vive aqui nem atina
Pro progresso da cidade;
Quando o caboclo opina
Fica que nem lamparina
Enfrentando tempestade.

aasf
04/03/2005


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 713 vezesFale com o autor