Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
109 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57755 )
Cartas ( 21192)
Contos (12694)
Cordel (10206)
Crônicas (22323)
Discursos (3143)
Ensaios - (9126)
Erótico (13426)
Frases (44547)
Humor (18704)
Infantil (3971)
Infanto Juvenil (2910)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138405)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5038)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O POETA -- 22/02/2005 - 10:28 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O POETA
José de Sousa Dantas, em 22/02/2005

O POETA é um agente
formador de opinião,
transmitindo informação,
que processa em sua mente,
do passado e do presente,
do futuro de incerteza,
tudo isso com grandeza,
na mais sublime chancela,
melhora, avança e revela
a produção com firmeza.

Todo POETA é um ser
de singular sentimento,
nas asas do pensamento,
voa para conhecer
todo ambiente e poder
fazer VERSO com clareza,
de espetacular beleza,
que abrilhanta toda tela,
e expõe de forma singela
com arte e com sutileza.

O POETA tem prazer
de revelar em POESIA
o que sente, pensa e cria,
para o povo conhecer
o seu trabalho e fazer
consulta e divulgação,
destacando a produção,
por ser distinta e completa,
edificante e discreta,
de alta conotação.

O POETA é construtor
de conceitos naturais,
sumamente essenciais,
pra consulta do leitor,
que se instrui e dá valor
ao trabalho consistente
do POETA competente,
que escreve, brilha e alcança
a sua meta e avança
trabalhando firmemente.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 865 vezesFale com o autor