Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
32 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57762 )
Cartas ( 21192)
Contos (12699)
Cordel (10207)
Crônicas (22326)
Discursos (3143)
Ensaios - (9127)
Erótico (13426)
Frases (44560)
Humor (18707)
Infantil (3973)
Infanto Juvenil (2911)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138413)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5040)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O POETA SENTE E CANTA O QUE MANDA O CORAÇÃO -- 11/01/2005 - 12:14 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O POETA SENTE E CANTA O QUE MANDA O CORAÇÃO
José de Sousa Dantas, em 11/01/2005

Com fé e perseverança,
o POETA sonha e tenta,
estuda, aprende e inventa,
constrói, promove e avança,
conquista espaço e alcança
a mais nobre posição,
sua contribuição
nos agrada e nos encanta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

Observa o universo,
a divina natureza,
o que há de sutileza,
tudo o quanto está disperso,
reúne e constrói o verso,
na melhor disposição,
revelando a produção,
de beleza sacrossanta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

NÃO FALTA ASSUNTO NO MUNDO
PRA O POETA RETRATAR,
dentro do seu linguajar,
apropriado e fecundo,
persevera e vai fundo,
obtém informação,
realiza a descrição,
todo obstáculo suplanta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

O POETA canta o sol,
a lua, a estrela, o mar,
o arco-íris, o ar,
o horizonte, o arrebol,
a paisagem, o caracol,
o relâmpago, o trovão,
a natureza, o sertão,
a terra, o vale e a planta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

AS IDÉIAS DO POETA
VÃO ALÉM DO INFINITO,
no mundo se torna um mito,
na profissão se projeta,
qualquer assunto interpreta,
na mais alta inspiração,
com amor e devoção,
a sua arte abrilhanta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

A POESIA É SEMENTE
QUE NASCE EM QUALQUER LUGAR,
e o POETA vai buscar
na força da sua mente
o que for conveniente,
pra fazer a construção,
com arte e com perfeição,
sob a providência santa.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

POETA CANTE O QUE EU SINTO,
QUE EU SINTO E NÃO SEI CANTAR,
que eu quero me contentar,
ouvindo nesse recinto
o seu trabalho distinto,
de significação,
que me enche de emoção,
me inspira e me acalanta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

O POETA tem a mente
iluminada e ditosa,
criativa e talentosa,
genial, fértil, fluente;
e tudo o quanto ele sente,
ele converte em canção,
faz a harmonização
com o timbre da garganta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.

DEUS criou a POESIA
para ser apreciada,
transmitida e exaltada,
em qualquer hora do dia,
por toda categoria
que precisa de lição,
de alta conotação,
que a todo mundo adianta.
O POETA sente e canta
o que manda o coração.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 1098 vezesFale com o autor