Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
19 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57774 )
Cartas ( 21192)
Contos (12698)
Cordel (10207)
Crônicas (22323)
Discursos (3143)
Ensaios - (9127)
Erótico (13427)
Frases (44588)
Humor (18711)
Infantil (3976)
Infanto Juvenil (2916)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138422)
Redação (2956)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5044)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->RUBENIO INSPIRA A CULTURA POPULAR NA EDUCAÇÃO -- 30/11/2004 - 15:52 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
RUBENIO INSPIRA A CULTURA POPULAR NA EDUCAÇÃO
José de Sousa Dantas, em 30/11/2004

RUBENIO elaborou
uma OBRA em verso e prosa,
instrutiva e valiosa,
que um dia ele sonhou,
em Campo Grande lançou,
numa solene atração,
repleta de emoção,
com vistas a divulgar
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

RUBENIO desenvolveu
um trabalho edificante,
distinto, nobre e brilhante,
alcançando o sonho seu;
a CULTURA engrandeceu,
pela contribuição,
de alta conotação
e beleza singular.
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

RUBENIO é compositor,
é poeta e cordelista,
advogado e artista,
engenheiro e escritor
é vate, músico, cantor,
de fina percepção,
fez a bela produção,
para o povo pesquisar
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

Pôs idéias no papel,
formando o LIVRO pra treino,
com intitulação, O REINO
ENCANTADO DO CORDEL,
adquirindo o laurel,
da mais alta posição,
para incorporação
na grade curricular
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

RUBENIO considerou
os gêneros da POESIA
POPULAR e prestigia
o poeta que formou
a estrofe e colocou,
como exemplificação,
uma fonte de lição
pra quem quiser estudar
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

Sobre MÚSICA brasileira,
sua origem e a história,
os seus momentos de glória,
as criações de primeira,
as que ultrapassam fronteira,
pela representação,
influência e projeção
no cenário secular,
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

Uma OBRA merecida
tem as figuras de fé,
PATATIVA DO ASSARÉ,
autor da TRISTE PARTIDA,
que no mundo é conhecida,
com Lua, Rei do Baião,
quem ouve sente emoção,
passando a valorizar
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

Tem CAUSOS mui engraçados,
de poetas repentistas,
cordelistas e humoristas,
que às vezes viram ditados,
para serem relembrados,
em qualquer ocasião,
pala forma de expressão,
que é preciso destacar
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

RUBENIO mostra que faz
poemas de primazia,
“Semente da POESIA”,
“Ode às Águas”, “Madrigais”,
“Ditadura nunca mais”,
“Canto”, “CORDEL – Cidadão”,
“Figuras de construção”
e “Galope à beira-mar”,.....
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

Uma crítica literária
de ADELAIDO, o escritor,
esclarecendo o leitor
que a OBRA é necessária,
nobre e extraordinária,
com a consideração
de RAMON e de FRAZÃO,
que vieram abrilhantar
A CULTURA POPULAR
DENTRO DA EDUCAÇÃO.

Todas as estrofes do LIVRO são excelentes,
a exemplo destas:

A SAGA HERÓICA DO CORDEL

CORDEL é luz, é paixão,
É uma réstia de paz !
É esta grande alegria,
Magia de encanto assaz;
CORDEL é flama-canção
Que brota do coração
E flui em tons divinais.....

O CORDEL é relicário
Que guarda reais valores:
Seu universo acalanta
Artistas e Cantadores,
Altivos, cheios de brio,
Versando horas a fio
Em repentes multicores.

A NOSSA MÚSICA E SEU DIA

Todo dia vinte e dois
Do décimo-primeiro mês
É um marco importante
Pra cultura e seu jaez:
Nesta data oficial
O Dia Internacional
Da Música tem sua vez.

CHEGADA DE PATATIVA NO PARAÍSO

São Pedro interfonou
Dizendo pra São José:
convoque todos os anjos
para cantarem com fé;
pois acabou de chegar
PATATIVA DO ASSARÉ.

Num tom sentimentalista,
Num clima de louvação,
LEANDRO GOMES DE BARROS
Também entrou no salão,
cantando sua MARINGÁ,
POMBAL e o sítio São João.

Foi assim desse jeitinho,
A nobre recepção
Ofertada a PATATIVA
Na sacrossanta mansão
De glória, de luz e paz
E de purificação.

ODE AOS POETAS-CANTADORES

Airosos, cheios de brio,
Versando horas a fio,
Esgrimindo em desafio,
Duelam os contendores....
Eivados de alegoria,
Embolam-se em tropelia
Com sestro de artilharia
E estro de cantadores.

A FACE SECRETA DAS PALAVRAS

(Cordel Didático)
Palavras sãos aspas... lavras...
que geram outras palavras;
parábolas brandas ou bravas,
palavras e nada mais..
Têm mil palavras, eu sei,
Cruzadas e as da lei;
Tem a palavra de rei
Que fica e não volta atrás.

E é a fecundação
Dessas palavras que vão
Gerar a comunicação
Falada e também escrita.
A palavra irradia
Magia e melancolia....
Se o assunto é POESIA
Tem a palavra o artista.

MUNICÍPIOS DE MATO GROSSO DO SUL

Água Clara, Costa Rica,
Rio Brilhante, Sidrolândia,
Fátima do Sul, Japorã,
Anastácio, Cassilândia,
São Gabriel do Oeste,
Nioaque, Anaurilândia.

ODE ÀS ÁGUAS

É a ÁGUA o licor mais genuíno;
Sem ela a Natureza vira pó.
Esta seiva chamada “agá dois ó”
É a própria expressão do dom divino.
Desde o nosso habitat intra-uterino,
A ÁGUA é substância elementar
Que ampara o nosso ser-avatar
Com perfeita alquimia, toda hora.
O planeta transpira, a nuvem chora,
Rolam rios de pranto para o mar...

PRESERVE A NATUREZA

Lembro também quando eu era
Menino, no meu lugar,
- Na Terra de Alencar -
Mamãe falou-me, sincera:
Meu filho, nessa esfera,
Jamais uma planta mate;
Seja prudente, aquilate
Suas ações, com nobreza!
Nosso mal à NATUREZA
Sobre nós mesmos se abate.

MADRIGAIS

Quando um dia eu puder te encontrar,
Ó princesa dos sonhos (linda dama!),
Com assaz alegria e alma em chama,
Louvarei este instante singular;
Comporei MADRIGAIS pra te ninar
Embalado em teu riso angelical;
Beijarei tua face e, afinal,
Valerá esta vida para mim.
Colherei rosas rubras no jardim
E dar-te-ei em lirismo triunfal !

DAS VIRTUDES

Quem não quer necessidade
Nem tristeza como herança,
Abandone a ansiedade
E abrace a TEMPERANÇA;
Não só conte com a sorte,
Persevere até a morte,
Com FÉ e com ESPERANÇA.

SEMENTE DA POESIA

A POESIA é semente
Que o poeta faz brotar;
E nada pode imitar
A sua beleza ardente.
O menestrel, simplesmente,
Conhece sua alquimia.
Onde existir harmonia,
Ela resplandecerá.
Em tudo que é belo há
Sementes de POESIA.

A FESTA DAS FIGURAS

Aí a MESODIPLOSE,
Com enorme EXCLAMAÇÃO,
Disse: “quem quiser dançar
Dirija-se pro salão”.
E mostrando-se astuto,
O velho ANACOLUTO
Fez a sua IMPRECAÇÃO.

AS BODAS DO CORDEL

Com um ano de casado,
Faz-se Bodas de Algodão;
Com dois, Bodas de Papel;
Sete anos, de Latão;
Três anos, Bodas de Couro;
Cinqüenta: Bodas de Ouro;
Vinte e um anos, de Zircão.

UM GRITO DA CULTURA POPULAR

CORDEL para ser Cordel
Tem que possuir padrão:
Rima, métrica e oração,
Assim faz o menestrel.
Mas já vi tanto babel
Querendo ser POESIA,
Tanta esquizofrenia....
Que chega até ser risível.
Não há coisa mais horrível
Que CORDEL sem harmonia.


LIVRO consistente com 130 páginas, impresso com apoio financeiro do FIC - Fundo de Investimentos Culturais de MS, da Fundação de Cultura de MS, da Secretaria de Estado de Cultura de MS, própria para a leitura, aprendizagem, contribuindo assim para o engrandecimento da cultura popular brasileira.

Um LIVRO instrutivo e transparente, com linguagem poética adequada, de fácil compreensão, que deverá ser adotado pelas escolas, em virtude das informações básicas, uma fonte preciosa de lição para todas as pessoas de todas as classes e níveis sociais.

Seleção de FRASES GENIAIS constantes do LIVRO
O REINO ENCANTADO DO CORDEL – A CULTURA POPULAR NA EDUCAÇÃO
de RUBENIO MARCELO

·A CULTURA POPULAR é um magnífico tesouro que enobrece a alma do nosso país, encantando e dando lenitivo aos nosso corações. Seus legados inesgotáveis e fascinantes cunham nossa Identidade Social com preciosos fios de ouro, perpetuando-se, genuinamente, através das gerações ! RUBENIO MARCELO.
·Que LITERATURA é esta, cujos temas são aproveitados pelo cinema, pelo teatro, pela música, televisão e até mesmo pelos poetas e escritores eruditos. Franklin Maxado, em o que é literatura de CORDEL.
·POPULAR é o que as grandes massas compreendem, o que documenta e enriquece a sua forma de expressão. Bertold Brecht.
·A imaginação POPULAR é memória viva das Ciências aposentadas pela notoriedade. Câmara Cascudo.
·A ARTE deve agradar o espírito e afagar a sensibilidade. Adelaido dos Anjos.
·Uma das vertentes mais fascinantes que brotou desse estro admirável foi a POESIA DE CORDEL, disposta em versos bem metrificados e multirrimados, quase sempre de improviso e impregnados de humor, lucidez e sentimentos. José Pedro Frazão.
·Como numa dignificante olimpíada do conhecimento, RUBENIO MARCELO, após conduzir a sagrada pira do riquíssimo imaginário POPULAR da região em que nasceu e foi criado, supera recordes e vem repartir as áureas medalhas culturais entre nós, sul-matogrossense, surpreendendo-nos mais uma vez com vôo ainda mais altos, quando logra conjuminar, com maestria e coerência, a seiva da didática expositiva com o perfume de sua prodigiosa LITERATURA DE CORDEL. Geraldo Ramon Pereira.
·RUBENIO MARCELO é um poeta e cordelista de inspiração permanente. Seus versos brotam de seu cérebro e também de seu coração e de sua alma como as ÁGUAS de uma cachoeira, impetuosamente, catadupa de palavras, numa caudal sem fim...., percorrendo - com altivez e denodo – sua peregrinação harmônica pelo tempo e pelo espaço, na senda iluminada desta ARTE admirável que é a POESIA. Zorrillo de Almeida Sobrinho.


CD

Além do LIVRO, o CD sob o título
A ARTE MAIOR DE RUBENIO MARCELO e JORGE SALES
Nas vozes de:
Cacitônio Coelho, Mara Veloso, Barbosa Lima, Johnny Paz e Marcão

São 15 composições no referido CD com vozes, sons, melodias e ritmos variados (no estilo da MPB), dançantes, alegres, vibrantes, atraentes, agradáveis, emocionantes:

1.ALMAS EM CHAMAS: ....Nosso amor é qual fogo na macega, que se começa não se apaga mais ! ......
2.PAZ EM MOVIMENTOS: ........A paz começa em nós.. encontrar a paz interior....
3.CORAÇÃO: num dia de inspiração, fiz um verso bem bonito; cujo principal requisito é falar do coração............
4.AMIGA DO PEITO:.....vivencio esse anjo tão puro e tão meigo. Num gesto tão perfeito e eu confesso: Te amo, amiga do peito !
5.SANTA LEOPOLDINA:Filha do sol e das águas, imperatriz que acolheu imigrantes;........
6.DESTINOS DOS VENTOS: .... Pudesse o vento dançar, palavras o vento levar, tiraria, com grandeza, nos salões da natureza, a lua para bailar.....
7.SINA DE VAQUEIRO: ...Lá vai o vaqueiro levando o passado, levando o seu gado, buscando o futuro....
8.RECURSO DA ALEGRIA:........ Tudo se minimiza com o recurso da alegria........
9.TEU CORPO: Quando vejo este teu corpo lindo, ardente,.......Mais que mulher és uma deusa de verdade !
10.CANÇÃO DE REGRESSO: ...sendas desconhecidas tu foste trilhar, levando a esperança, deixando a lembrança a torturar...... Agora retornas....
11.PRAIA DA COSTA:...Como é linda a tua gente, teu sol brilha intensamente no coração do Brasil......
12.O QUE FAÇO: ... O que faço com a saudade de um passado que não é meu ?.....
13.VOCÊ, o VENTO e o MAR: .... Este seu sorriso lindo torna este mar mais infindo... Queria ser seu amado.......Nem tanto ao mar, nem tanto a terra, mais importante é você.
14.RIO DE JANEIRO: .... Amar esta cidade tropical é algo sobrenatural, é alquimia secular....
15.MORRO DO PENEDO: Primeiro vieram os tanques, perfuradores, tambores, ......

Parabéns RUBENIO, JORGE SALES e a cultura popular brasileira !

José de Sousa DANTAS
Em 30/11/2004
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 69Exibido 4561 vezesFale com o autor