Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
325 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57969 )
Cartas ( 21205)
Contos (12801)
Cordel (10235)
Crônicas (22053)
Discursos (3146)
Ensaios - (9196)
Erótico (13451)
Frases (45056)
Humor (18893)
Infantil (4104)
Infanto Juvenil (3148)
Letras de Música (5500)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138532)
Redação (2987)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5203)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->DINHEIRO NA MÃO DE TOLO -- 27/10/2004 - 13:49 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
DINHEIRO NA MÃO DE TOLO passa sem ter rendimento
José de Sousa Dantas, em 27/10/2004

Um DITADO corriqueiro,
pelo povo conhecido,
o homem desprevenido
não sabe usar o DINHEIRO,
o que ganha por inteiro
gasta sem planejamento,
não sobra para o sustento,
continua sem consolo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Mesmo que ganhe o DINHEIRO,
não sabe como emprestá-lo,
nem poupá-lo, nem gastá-lo,
o que tem perde ligeiro,
aparece garapeiro,
ladrão e mal elemento,
com um bonito argumento,
pra carregar o seu bolo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Gasta com qualquer besteira,
porque não tem a noção
de fazer aplicação
que lhe renda a vida inteira,
a começar pela feira,
compra sem abatimento,
não controla o orçamento,
nem sabe como dispô-lo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Gasta o que tem, o que ganha,
com jogo, farra e negócio
com trambiqueiro e com sócio,
com aposta de campanha,
mesmo tendo uma montanha
de herança, num momento
gasta com divertimento,
por fraqueza de miolo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Gente que se diz sabido,
querendo ser mais esperto,
se segue um caminho incerto,
no tempo fica perdido,
se envolve com bandido,
perde todo investimento,
aí cai no sofrimento,
metido num grande rolo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Eu conheço muita gente
que vem passando aperreio,
depois que entrou sem freio
gastando sem precedente,
de penar, fica doente,
não tem um medicamento
que cure esse seu tormento,
não dorme nem com arrolo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Mesmo que trabalhe bem,
cumprindo a sua função,
é triste a situação,
pois gasta o pouco que tem,
continua sem vintém,
pra comprar o alimento,
está ruindo o aposento,
sem ter grana pra o tijolo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.

Começa a comprar fiado
em banca e mercearia,
cresce a conta todo dia,
ficando descontrolado,
com salário congelado
para tanto pagamento,
só dispêndio tem aumento,
não vai ter como repô-lo.
DINHEIRO na mão de tolo
passa sem ter rendimento.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui