Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
24 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59030 )

Cartas ( 21233)

Contos (13074)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9399)

Erótico (13482)

Frases (46373)

Humor (19245)

Infantil (4422)

Infanto Juvenil (3668)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138127)

Redação (3048)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5490)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->COMO ALBINO ALFAIATE SE DEFENDIA NA VIDA -- 17/12/2020 - 18:19 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

COMO ALBINO ALFAIATE SE DEFENDIA NA VIDA

João Ferreira

17 de dezembro de 2020

 

O escritor português Eça de Queiroz conta, num de seus livros, esta história que aconteceu na Província portuguesa no decorrer do século XIX.

É a história de um alfaiate do interior de Portugal, de nome Albino, e qu no diaa dia com sua filosofia própria que exibia para seus clientes.

Muito prático, o Alfaiate, quis que seus fregueses conhecessem de verdade o que ele pensava da vida. E o conceito que tinha da nítida falha social em que o egoísmo das pessoas termina por cuidar apenas de seus interesses deixando de se interessar pela solidariedade e fraternidade, predicados que tornam a sociedade mais humana e mais fiel a si própria. Meio ressentido com a atitude egoísta da sociedade em que vivivia e tentando se defender a si próprio na luta pela vida, resolveu mandar preparar uma vistosa tabuleta que afxou bem na entrada de sua alfaiataria. Esta tabuleta era um código com artigos e uma sentença bem clara que expressava sua filosofia de vida. 

A tabuleta, tinha este código em caracteres bem legíveis:

CÓDIGO DO ALBINO ALFAIATE

Artigo 1º - Albino, cuida de ti.

Artigo 2º - Cuida de ti,  Albino.

Artigo 3º - Revogadas todas as disposições em contrário.

Assinado: Albino Alfaiate

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 75Exibido 44 vezesFale com o autor