Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
217 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58436 )
Cartas ( 21217)
Contos (12933)
Cordel (10248)
Crônicas (22139)
Discursos (3153)
Ensaios - (9300)
Erótico (13459)
Frases (45621)
Humor (19026)
Infantil (4260)
Infanto Juvenil (3386)
Letras de Música (5457)
Peça de Teatro (1331)
Poesias (137828)
Redação (3021)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1938)
Textos Religiosos/Sermões (5332)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Quem está atropelando quem? -- 06/08/2020 - 08:35 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

 

Quem está atropelando quem? 

 

De repente chega março, depois de Carnaval, onde aqui no nosso país, é o pontapé inicial para a vida funcional, a programação toda é feita encima disso. 

Todo mundo concentrado para o início de jornada, mesmo na observância, diante da problemática epidêmica. 

Muitos disseram até que durante a festa momesca, já existia vírus circulando; aqui na Bahia, o primeiro caso “estourou” em Feira de Santana – 115 km da Capital – foi uma verdadeira comoção, pouco tempo depois, já falava-se em Locke Down, Curva de crescimento, Platô  e tantas outras terminologias que aprendemos a "conviver". 

As poucas pessoas que saiam de casa, percebiam uma nuance diferente, todo mundo “escondido”, da propagação da doença. 

O tempo foi passando, aqui suspenderam até o São João, festa muito conhecida e valorizada, para que todos possam se proteger. 

Veio o advento da máscara de proteção, foi uma verdadeira revolução, as pessoas achando-se protegidas, outras achando-se que não precisam de proteção... Terminaram  atropelando o vírus, onde todos nós vemos tamanho descaso com a própria saúde. 

Inacreditável ter festas e aglomerações de todo tipo, onde quer que seja, máscara e álcool gel, muitas vezes trocadas por cerveja, onde ao calor etílico tudo poderá   acontecer. 

Estamos presenciando consternados, o vírus atropelando o povo, sem nenhum pudor, entretanto, a irresponsabilidade se sucede, abrindo shoppings, restaurantes, não sabendo nós como tudo isso irá acabar, sabendo-se que a resolução não é fácil, pois ninguém sabe de fato quem está na condução desse problema de difícil solução.

 

Marcelo de Oliveira Souza,IwA 

2x Dr. Honoris Causa em Literatura 

Instagram: marceloescritor 

 

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui