Usina de Letras
Usina de Letras
44 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59274 )

Cartas ( 21241)

Contos (13148)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9463)

Erótico (13486)

Frases (46710)

Humor (19312)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5563)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O CASSINO CHORA SEUS JOVENS -- 27/09/2003 - 23:34 (Leinecy Pereira Dorneles) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A poesia chora lágrimas salgadas

Pelos jovens ceifados

Em plena juventude,

Em nossa praia do Cassino.

A mais bela e extensa,

Praia do mundo, considerada.





Uma vida humana não tem preço.

Onde estão os nossos políticos

Que em época de eleição

Andavam pelo Cassino,

Falando que era a praia do coração

Onde está a segurança?

Que pagamos com suor

No dia a dia do trabalho

Com a esperança , que a nossa praia

Um dia possa vir a melhorar...





Aqui existe a poesia,

Muito mar, ondas,gaivotas,

Areias, árvores, pássaros,

E muitos jovens, a sonhar...

Quem não se deslumbra com a nossa praia?

Com os nossos molhes e o navio?

Quem não se alegra com nossos jovens

Que em plena juventude

São a esperança do Brasil.





Eles são as nossas poesias

A esperança de dias melhores

A nossa força motriz,

Que nos impulsiona a seguir em frente.

Por favor, pedimos segurança!

Para os velhos, jovens e crianças

Por favor nossos políticos

Queremos viver em paz.





Porém sem os nossos jovens

Quem pode viver num paraíso?

A praia já não será tão mais linda,

Já não haverá arrastão,

As gaivotas solitárias

Chorarão de emoção

Como os pais de nossos jovens

Que morreram neste verão,

E que hoje na PRAIA DO CASSINO

Todos nós choramos, em vão...



( Após um verão onde doze jovens foram mortos, por um maníaco da praia...)



LEINECY PEREIRA DORNELES

POETISA DO CASSINO

RIO GRANDE/RS









Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui