Usina de Letras
Usina de Letras
51 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59274 )

Cartas ( 21241)

Contos (13148)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9463)

Erótico (13486)

Frases (46710)

Humor (19312)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5563)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O MEDO... -- 27/09/2003 - 23:13 (Leinecy Pereira Dorneles) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
...O medo,

Entra no corpo

Espezinha a carne.

Luto desesperadamente,

Para ver um mundo melhor.





Mas o medo,

Toma conta

Vejo o mau, as transgressões,

A corrupção, a morte,

O seqüestro, a violência

Vejo a morte, e o medo.

E , eu...com medo.



O medo continua a crescer,

Em mim, toma conta

O medo. Tenho medo!

Sofro de medo,

Por saber, quem sabe

Que meu país,

Não tem mais jeito...

Não tem mais volta,

Volta não tem,

Morro...

Aos poucos,

Morro...

Morro de medo,

Deste país de ninguém.



LEINECY PEREIRA DORNELES

PRAIA DO CASSINO-RIO GRANDE-RS
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui