Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
107 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10184)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44313)
Humor (18626)
Infantil (3911)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Lua de merda do Bozo -- 27/08/2019 - 21:27 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lua de merda do Bozo

Ao celebrar o contrato de lua de fel com o meio ambiente, o desambientado noivo a duras penas, surtou pois não conseguiu o tão desejado mel da prosperidade que a mata nativa guardava. Estava a afundar na areia movediça dos resíduos proctuais da fala nada mansa que exalava do portal da oratória. Como presente, recebeu um motosserra no Serra dor da Mata Atlântica que lhe garantiria uma paz no coletor adaptado a uma seringueira a chorar o líquido que lhe garantiria apagar todas as eventuais e muitas vezes, fezes frequentes. A lua, desfaleceu e o sol sequer precisou acordar para clarear a escuridão da Mata outrora virgem nos pastos verdejantes que agora seriam o celeiro de riquezas a produzir o tão desejado nióbio. Sendo assim, nem tudo que reluz, é nióbio. Esse seria o slogan da lua de fel amazônica a chorar sua perda paulatina. Pau a pau no Pai Brasil internacionalizado.

Marcos Palmeira
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui