Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57517 )
Cartas ( 21184)
Contos (12611)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44292)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Sexo, cocô e dinheiro -- 09/08/2019 - 09:47 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Sexo, cocô e dinheiro

Tudo efêmero, mas o sexo, o cocô e o dinheiro sempre serão eternos nessa eternidade de adorar sexo, cocô e dinheiro. Cago pra cima e espero aonde a merda cai. Corro e avisto o dinheiro, a grana colhida nos lixões de concreto com negociatas abertas. Salvo o sexo, o Deus fisiológico nessa merda de pura existência e sobrevivo a todas as ausências impostas, opostas e compostas na compostagem do bosta lançada aos quatro cantos. O cheiro da merda nas entranhas tripas, me reconheço nas tripas de meus pais com seus ais nas volúpias casuais. Casual, como a merda e enfeito as caras de todos os palhaços e os faço serem sentidos e assentidos nessa irmandade de sexo, cocô e ajoelho ao dinheiro para dar-lhe uma canelada. Faço chá da canela quebrada e uso sua dor pra parir minha flor.

Marcos Alexandre Martins Palmeira 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui