Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
69 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57107 )
Cartas ( 21170)
Contos (12598)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43758)
Humor (18485)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2717)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4891)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Visitando Milão! -- 15/02/2019 - 10:02 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Visitando Milão



Quando visitamos países da Europa, sobretudo as cidades grandes, temos outra perspectiva de turismo, pois além da parte cultural, podemos aproveitar com segurança tudo que a cidade pode oferecer, sem medo de quem está atrás da gente, sem medo de sair em determinado horário e ter algum tipo de intempérie.

Ao reservar o nosso hotel em Milão, tivemos que ficar um pouco afastado da cidade, onde já sabíamos dessa intempérie, pois no centro da cidade, o preço fica bem mais alto do que em outras cidades, até mesmo em Roma.

Sabendo dessa dificuldade, já fomos preparados para que nos esperava, mas não imaginávamos que seria tão longe, o aeroporto de Milão é muito distante, se fôssemos de táxi seria irremediavelmente, caro!

Daí vem a estrutura de primeiro mundo tomando a frente, tinha o chamado “aerobus” que faz a linha até o centro da cidade, dali poderíamos pegar um taxi para o hotel, no subúrbio.

Vinte minutos depois chegamos ao Nh Milano2 , já à noite, onde nos recolhemos esperando surpresas para amanhã.

Quando acordamos, descemos para o breakfest, foi uma festa! Um hotel muito organizado, bem estruturado, só tinha essa dificuldade de ficar longe do centro, no entanto, ao descermos para sairmos da hospedagem, temos logo de cara uma vista espetacular com parque muito lindo cheio de aves, aquilo ilumina o dia de qualquer um!

Para irmos à parte central da cidade, tínhamos diversas opções, a gente pega o ônibus, que tem hora marcada, desce no metro, pega duas linhas, chagando ao centro; é tudo tão organizado, que o que era distante, fica perto, a estrutura do transporte público é perfeita!

Dando para aproveitarmos a cidade, que possui uma infinidade de lojas de roupa, em tudo quanto é lado é vestuário.

Comparada a outras cidades da Europa eu senti falta de uma estrutura melhor relativo a opções de lanche, mas quando a experiência de viagem fala mais alto, sempre temos opções, basta ter um pouco de paciência.

A Galeria Vitório Emanuelle II, é o verdadeiro point da cidade, que fica na mesma praça que a lindíssima catedral, dali é o ponto de partida para tudo de bom que tem no lugar, quando chega o final de semana, o local fica lotado, entretanto tudo bem organizado.

É imperativo salientar sobre o belíssimo parque Porta de Veneza, maravilhoso, onde a natureza grita sua presença espetacularmente.

Vale a pena ir a Milão, se for passar cinco dias ou mais, temos que dar um pulinho em Bérgamo, uma cidade medieval, que fica pertinho, tem toda facilidade para chegar, pois na Europa, é tudo interligado e com toda essa estrutura, não falta o que fazer, se já viu tudo, tem as cidades pequenas, que são todas preparadas, somente esperando o turista.







Marcelo de Oliveira Souza,IwA

2x Dr. Honoris Causa em Literatura





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui