Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57091 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10090)
Crônicas (22211)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43733)
Humor (18475)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2710)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138300)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4885)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Visitando Paris! -- 03/02/2019 - 13:29 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Visitando Paris



Chegando na Estação Gare du Nord, presenciamos pela primeira vez a lendária neve, sabíamos que a possibilidade maior de ter neve seria nesse local, nem estava fazendo tanto frio, cerca de três graus.

Procuramos um taxi, já com tudo organizado, para usar a língua francesa o mínimo possível, menos que o inglês, pois o que chegava até nós era que o francês não aceitava que falássemos outra língua senão a deles.

Apresentamos o endereço do hotel, onde o condutor prontamente nos encaminhou até o local, só que esse nome era o mesmo de outro hotel.

Chegamos gastando o nosso parco francês, nos esforçando ao máximo, quando soubemos que não era ali!

- E agora José!

A atendente falou na língua local, dando a entender que o hotel não era muito longe, mas com sair pela França perguntando sobre esse lugar, no meio da lindíssima neve?

Resolvemos entrar num restaurante árabe, com uma atendente vestindo de acordo com o islã, tomei coragem e entrei, a mesma apontando, dando a entender que não estava aberto, prontamente arranhei um francês, apontando para o endereço do hotel.

Ela procurou no Google e apontou dizendo onde ficava a Praça de Itália, onde ficava a nossa hospedagem, fomos seguidamente de um lugar a outro, perguntando na parada de ônibus, depois vimos um hotel e perguntamos à atendente, foi quando ela desenhou o local e enfim encontramos, o local.

O hotel fica no centro de tudo, depois de arrastar muita neve, fomos repousar, para tirar “o avião das costas” e de manhã a neve tinha cessado, indo imediatamente conhecer a torre Eifel, claro.

Paramos na estação “Trocadero” e chegamos facilmente, é tudo muito perto, basta ter disposição para caminha, o que não nos falta.

Conhecemos os principais monumentos da cidade, a Catedral de Notre Dame, o maravilhoso Louvre, A Ponte Alexandre III, apesar de ser tudo muito perto, cada atração demanda o dia inteiro, pois é muita coisa para ver, tudo muito lindo, surpreendente...

Contudo o mais surpreendente foi a acolhida do povo parisiense, todos muito solicitos, desde a atendente do Hotel Ibis, - que tentou até falar espanhol - até os camelôs, africanos, muito contente em conhecer mais um pais e principalmente em conhecer melhor o parisiense, que são espetaculares, au revoir!





Marcelo de Oliveira Souza,IwA

2x. Dr. Honoris Causa em Literatura



















Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui