Usina de Letras
Usina de Letras
20 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10254)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5387)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->Sou aquela que te espera. -- 04/08/2004 - 18:36 (Aline Dremir) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Sou aquela que te espera.

Sou aquela que te espera
A deusa cheia de cores
Sou Tereza ou Raquel
Maria, Julia ou Dolores
Eu sou para quem quiser
Sou menina, sou mulher
Estou aberta aos amores.

Mande-me buquê de flores
Uma caixa de chocolate
Um perfuminho francês
Uma jóia de bom quilate
Faça pra mim um poema
Convide-me pro cinema
Como criança me trate.

Descubra meu disparate
Saiba o que estou pensando
Desperte o meu desejo
Comigo faça desmando
Seja homem, seja macho
Faça-me de seu capacho
dê o que tô procurando.

O meu prazer vá testando,
Pois sou gata angorá
Sou sensual, sou da noite
Conquisto com meu miar
Se tem dois machos no jogo
Jogo lenha nesse fogo
E boto os dois pra brigar.

Mas só com um vou ficar
O que for mais valente
O melhor, o bem nutrido
Carinhoso e mais potente
Pra esse vou me entregar
E nessa noite lhe amar
Com meu fogo envolvente.

E não mais que de repente
Peço que desapareça
Guarde da noite a lembrança
E em seguida me esqueça
Amanhã serei de outro
Sendo garanhão ou potro
Que sendo bom me mereça.

e-mail: alinedremir@bol.com.br




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui