Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
102 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57362 )
Cartas ( 21181)
Contos (12599)
Cordel (10135)
Crônicas (22251)
Discursos (3139)
Ensaios - (9063)
Erótico (13414)
Frases (44116)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2798)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138534)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4942)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Verão dos Flanelinhas ou da Zona Azul Fantasma? -- 14/01/2019 - 21:04 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Verão dos Flanelinhas ou da Zona Azul Fantasma?









O verão está muito intenso em Salvador, muitas festividades em todos os cantos sobre a grande responsabilidade do rei Sol, que não está se fazendo de rogado, abrilhantando a nossa principal estação.

Todos freneticamente correndo para as praias, tentando aproveitar ao máximo o verão soteropolitano.

Com a problemática da violência no Rio de Janeiro e em Fortaleza, os turistas estão vindo para cá onde ainda a segurança é menos pior.

Nesse corre-corre, quem também está saindo no lucro são os “guardadores” de carros, que já viraram uma absurda sistemática a coação aos motoristas, desde o Natal, constatamos esse absurdo onde na Av. Sete de Setembro estava abarrotada de carros, e por sua vez de “flanelinhas” que cobravam vinte, trinta reais, para não fazer nada com seu veículo, tanto é isso que eles agora cobram adiantado, onde as pessoas tem que se sujeitar a isso, mesmo sabendo que os incautos não estarão ali no retorno do passeio.

Não bastando isso o nosso pequeno prefeito resolveu fazer a “cartela” digital nas “zonas azuis” - nome dado aos locais que a prefeitura cobra para o motorista estacionar – onde em determinados locais não tem nem o “cobrador”, mas se não tivermos com a autorização vamos pagar uma salgada multa e perder preciosos pontos.

Eles querem que a pessoa tenha “smartfone”, conexão com internet e aplicativo, para termos o salvo conduto, não sendo multados, será que o cidadão merece tamanho descaso?

Temos que aturar chantagem de flanelinhas, para não ter o carro danificado, temos que aguentar essa ideia esdrúxula, temos a obrigação de pagar cartela, sem falar do licenciamento.

Agora a dificuldade vem aumentando junto com a temperatura do verão, os obstáculos esquentam o nosso juízo, onde a bomba maior virá depois das festas, cuja reflexão vai bater diretamente no fundo da carteira, onde os deveres são muitos e o retorno, pouquíssimos lamentavelmente...





Marcelo de Oliveira Souza,IwA

2x Dr. Honoris Causa em LIteratura

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui