Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
95 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57500 )
Cartas ( 21184)
Contos (12607)
Cordel (10175)
Crônicas (22280)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44274)
Humor (18616)
Infantil (3901)
Infanto Juvenil (2847)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138230)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4980)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->O reencontro -- 16/12/2017 - 20:14 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Bidião teve uma visita inesperada enquanto estava na sacristia preparando a homilia para o domingo na semana das festas natalinas. Tratava-se de uma antiga paroquiana que, na época em que passou necessidade, havia-lhe dado sábios conselhos e o estimulou a seguir a carreira do santo sacerdócio. Estava mais envelhecida, o que era evidenciado pela presença totalitária dos cabelos brancos. Ele a fitou resgatando o sorriso genuíno de quem reencontra o passado caricaturado no semblante quase familiar.  Ela,  por diversas vezes havia-lhe assegurado o almoço e jantar dos dias em que nada tinha para a refeição. Sentaram-se e iniciaram a conversa a cerca do início em que tudo era incompreensível aos olhos de quem não entendia bem o porquê de tantos abandonos e dificuldades que teve que enfrentar. Mas também conseguia compreender que neste mundo, nada é em vão e que tudo e todos têm sua razão devida na proporção da compreensão do papel de cada ser na vida do outro. Não fazia ideia, entretanto, que da vida, nada sairia conforme o combinado e por isso mesmo, a vida teria que ser vivida sempre no presente, sem negar ao passado mas dando oportunidade na esperança de um futuro que alimentasse o sonho do renascimento humano todos os dias, sem a hipocrisia fatale da época natalina.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui