Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
99 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57492 )
Cartas ( 21184)
Contos (12620)
Cordel (10174)
Crônicas (22282)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44271)
Humor (18617)
Infantil (3899)
Infanto Juvenil (2844)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138240)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4979)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Verdades desconhecidas -- 27/09/2017 - 11:08 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Verdades desconhecidas



Do nascimento até aqui, vivemos a ermo na verdade do real que a cada um compete. Infinita ela se apresenta no universo individual com possibilidades de acontecerem ou serem postergadas no viver. Se há um espaço a ela na maioria das situações, lhe cabe a pior interpretação inserida em cada ação executada ou não por uma mão que auxilia ou não. A mão, verdade executória concreta na cidade petrificada dá-lhe vida para fazê-la bem-vinda ou não. A alguns, desfruta-lhes seu lado bom enquanto à grande maioria, seu pior enredo e pega de surpresa, acidifica-se ou adoça-se toda uma essência na decência do viver inerente à cada um. Escapatórias podem fazer parte de quem consegue driblá-la a si e por instinto de sobrevivência, a ela esmaga tornando-se inalcançável à outrem dos ontens mas incerto nos amanhãs de todas as manhas. Sua manha está em esconder-se atras de todos os olhares, palavras e ações dos cidadãos a esconder a mão de sua confissão. Oráculos, desejam a melhor forma de sua existência com ou sem paciência de a saber esperar sem dar ou receber para nela crer. Verdade existe nas diversas insinuações com a ação das palavras ditas ou escritas na diversidade de tantas mentiras que se doam a ficar mais atraente sem abrigar sua simples presença que conforta ou não. Se confrontada, desfaz-se a guerra e a paz se faz presente na Terra.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui