Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
98 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10184)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44313)
Humor (18626)
Infantil (3911)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Juventude perdida -- 21/08/2017 - 09:16 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Juventude perdida



De nada adiantou postergar a vida numa fase de pleno vapor. As estradas continuam sem fim à sair do destino incerto assegurado aos dotes certos que agradam aos bons olhos. Nascer para enfim partir sempre na estrada sem fim rumo ao nada na transitoriedade de tudo que há por fazer. Revestir sem vestir a luta diária abandonada e deixada ao caos que frequenta as mentes brilhantes na ausência de luz no final do túnel. Passado o desacreditado, veio então o inverno no sertão dos colóquios palartoriais em desalinho com a prática maniqueísta. Foi no intuito de bem fazer, que houve sem haver a passagem do bem ao mal na esfera simbólica, entretanto não há mal que perdure. O bem saldou as dívidas outrora inexistentes na sala de negociação. Apagou a luz e descansou a energia gasta em vão numa necessidade abrupta de anestesiar todos os sentidos, inertes no leito da eternidade.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui