Usina de Letras
Usina de Letras
125 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62145 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13566)

Frases (50551)

Humor (20021)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140784)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6175)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->ESTRELAS -- 13/06/2003 - 09:21 (ALEXANDRA APARECIDA JAHNEL PASCOAL) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


ESTRELAS





Em céu enevoado estrelas minhas não brilham,

que a falta de estrelas me consome, me fere, me mata.;

minhas duas estrelas outros caminhos trilham,

em meu céu minha estrela falta.



Meu mar está longe do meu coração,

ouço tua voz toda noite mas não o posso tocar.;

sinto teu gosto, teu sal, dentro de minha ilusão,

distante de meus olhos não te deixo de amar.



Minhas duas estrelas brilham no vale distante,

tua luz me faz tanta falta, me sinto tão sozinha.;

perdi meu caminho, meu mar, meu horizonte

meu desejo de caminhar por onde tu caminhas.



Meu céu sem estrelas, sem ondas meu mar,

sem tua presença definho, seco, morro

sem teu coração comigo não consigo sonhar,

sem teu colo choro, protesto, sofro.;

estou lhe pedindo socorro,

venha me buscar.







XANTRA LENHAJ

21/05/2003





Para meu amor que está em São José dos Campos

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui