Usina de Letras
Usina de Letras
93 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62145 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13566)

Frases (50551)

Humor (20021)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140784)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6175)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->SAUDADES -- 13/06/2003 - 09:28 (ALEXANDRA APARECIDA JAHNEL PASCOAL) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
SAUDADES



Existem dias em que a nostalgia sopra em nossa face,

trazendo o vazio e o gosto daquilo que jamais provamos,

saudades da luz da estrela que jamais vislumbramos,

saudades do amor que nunca tivemos,

saudades daquele que ainda não conhecemos.

Existem tardes que os sentimentos se confundem,

a solidão arrebata-nos e o coração leva-nos para longe,

o calor do fogo que um dia há de nos queimar,

saudades daquele que partiu e que nunca o vimos chegar,

saudades da bruma que jamais pairou nas nossas manhãs,

saudades das sombras que nunca beijaram a luz,

saudades do beijo de almas ardentes,

lágrimas que jamais rolaram,

beijos que jamais recebemos,

flores que não murcharam por jamais terem nascido,

a melodia que jamais ouvimos,

uma felicidade alucinada que nunca sentimos,

saudades do que nunca existiu,

do que não se enxerga, logo jamais se viu

saudade daquilo que somente se sonhou

e que jamais se realizou.





XANTRA LENHAJ

1997







Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui