Usina de Letras
Usina de Letras
76 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62145 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13566)

Frases (50551)

Humor (20021)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140784)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6175)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->CORAÇÃO DE CRISTAL -- 13/06/2003 - 09:17 (ALEXANDRA APARECIDA JAHNEL PASCOAL) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
CORAÇÃO DE CRISTAL



Enquanto a lua atravessa a noite em um segundo,

Selene conduzindo sua carruagem prateada.;

eu me escondo nos cantos escuros do meu mundo.;

fingindo ser criatura encantada.



Sou feita de sombras astrais, de deuses ancestrais,

de pedra e coração, sou a maldição

que consome a alma dos imortais.



E eu sigo a luz da lua, pela noite escura

fecho meus olhos para não ver,

ainda estou por nascer,

meio fada meio bruxa.



Que fui feita do cantar triste de Diana,

que meu sangue é lágrima de quem ama.;

sou serva da noite, lua cheia.;

sou Medusa acreditando ser sereia.



Meus sonhos foram forjados por Orpheu,

minha alegria emprestada por Apolo e sua lira.;

no meu mundo, quase nada é meu.;

sigo só por meu caminho, temendo que algo me fira.



Sou mensageira do Olimpo,

quanto mais sonho, mais eu vivo.;

que minha alma se fez no luar,

uma mão toca o céu, a outra o mar.



Sou eterna, etérea, bruxa, sou fluida.;

sou raposa, serpente, fada e menina.

Sou o lado forte do grão de areia,

sou o lado negro da lua cheia.

Sou tempestade, calmaria e temporal.;

dentro do meu peito bate um coração de cristal





XANTRA LENHAJ

1998







Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui