Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
49 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57762 )
Cartas ( 21192)
Contos (12699)
Cordel (10207)
Crônicas (22326)
Discursos (3143)
Ensaios - (9127)
Erótico (13426)
Frases (44560)
Humor (18707)
Infantil (3973)
Infanto Juvenil (2911)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138413)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5040)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->RUBENIO: A ESTRADA DA VIDA (Poema de Daudeth Bandeira) -- 19/03/2004 - 11:36 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
RUBENIO
A ESTRADA DA VIDA
Daudeth Bandeira, em 19/03/2004

Chega mais um dia de ANIVERSÁRIO,
vence mais um trecho da sua corrida,
cai mais uma folha da árvore da vida,
pula mais um número do seu calendário,
há mais um assunto para o seu diário,
parte mais um bolo comemorativo,
ganha mais um beijo doce e afetivo,
dos familiares que parabenizam,
essas maravilhas caracterizam
a grande passagem de um dia festivo.

Nossa existência é um fato prático,
há nela um relógio que nunca demora,
vai marcando ano, dia, mês e hora,
minuto, segundo e milésimo. Automático.
Não é um contrato sinalagmático,
e nem contém as regras de bilateral,
é mais adesivo e unilateral,
sem definição de tempo e de preço,
ninguém mede as glórias que há no começo,
nem as conseqüências que vêm no final.

PARABÉNS RUBENIO !
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 1225 vezesFale com o autor