Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
98 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57111 )
Cartas ( 21170)
Contos (12592)
Cordel (10092)
Crônicas (22212)
Discursos (3137)
Ensaios - (9017)
Erótico (13404)
Frases (43769)
Humor (18490)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138316)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4892)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Acidente em Brotas -- 11/12/2015 - 11:46 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Acidente em Brotas





Essa é uma cena rotineira que acontece aqui na nossa cidade de Salvador, onde o trânsito é bastante violento.

Apesar da dramaticidade da foto, os motoqueiros continuam arriscando as suas vidas para tentarem chegar ao seu destino o mais rápido possível, esse que saiu na foto gritava entre urros de dor sobre como irá pagar as contas dele.

A cena é bastante estarrecedora, contudo é importante a gente refletir bastante como é que está a cabeça das pessoas que utilizam as pistas da nossa cidade.

A falta de educação no trânsito é bastante intensa, refletindo a falta de respeito que o brasileiro tem pelo outro em todos os aspectos.

O motorista que colidiu com a moto, ocasionando a fratura da perna do motoqueiro, saiu de uma rua secundária, que dá para a ladeira dos Galés em Brotas, onde o trânsito tinha parado para ele passar, contudo o motoqueiro veio na contramão em alta velocidade e aconteceu o sinistro.

O motorista ficou para dar socorro, apesar de terem aparecido outros dois motoqueiros para ajudar o que estava acidentado, mas o interessante que apesar do condutor da moto ter levado a pior, os seus amigos que apareceram pouco tempo depois de umas ligações, foram ao seu encontro e trataram o caso como se o motoqueiro tivesse cheio de razões, uma testemunha insistia em dizer que o condutor da moto vinha em alta velocidade, outra dizia que o condutor do carro estava no celular, o que agravaria a situação dele.

O condutor do carro forneceu todos os documentos para os guardas de trânsito, assim como o condutor da moto, sendo que um amigo do motoqueiro disse que queria resolver longe da justiça.

Isso tudo é somente uma mostra do que acontece rotineiramente em Salvador, os motoqueiros dirigem como uns kamikazes, invadem a mão contrária quase sempre, é só ter um engarrafamento que eles procedem dessa forma e quando o acidente fatalmente acontece, são tidos como “inocentes”, a Transalvador deveria coibir esse tipo de infração grave que já se tornou rotineiro acontecendo acidentes entre motoristas cada vez mais graves.



Marcelo de Oliveira Souza,IWA

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui