Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61956 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10258)

Erótico (13560)

Frases (50362)

Humor (19994)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140713)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->O Filosofo e a Mestra -- 04/04/2002 - 11:54 (Antonio Almeida) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos












Te falo , não ouves:

Te quero , não sabes



Sobre Hegel, concreto.

Sobre Hussel , horário

Sobre Foucault, onde foi?



Mitos, sexo dos padres

Dogmas, credicard

Pesquisa, dentista

Medos, chuva

Sonhos, Marx



Festa! Partido

Digo, ô fulano.....

Amigos, só seus

Os meus te roubam



Penso , não sabes.



Conheço , quem lhe disse

É assim , errado

Disseram , tá certo



Não me escutas.

Penso em você. Alunos.....

Musica, som baixo...

Canto , interrupção.

Faço, para os outros.

Consertas, calo.

Pedes, rebato

Calma, angustia



Outros, ameaça

Calo.

Pedes minha voz.



Perco a fala forte

Sufocada numa lagrima de silêncio.



Sorria, esqueci



Digo que te amo

Amanhã tem o pedreiro......



Te amo , seminário

Te amo

Te amo

Te amo



Desculpe, cochilas



Te falo calado

Sorriso fechado,

Escuta o meu silencio

Não ouve minha fala



Sou aluno de seu prazer

Nunca aprovado

Recusas meu querer,

Me calo fechado



Corro , freio corto

Há , eu estou aqui.....

Gentil, delicado

Não sou a seu lado

Gargalho sorriso aberto

Enciumado.

Me calo!



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui