Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
16 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57389 )
Cartas ( 21182)
Contos (12609)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44151)
Humor (18587)
Infantil (3849)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138551)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Dia do Índio 2015 -- 19/04/2015 - 17:30 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Dia do Índio 2015



Pensemos na época quando o Brasil foi descoberto, onde já existia uma cultura sedimentada em nossa terra, em que os nativos comemoraram a curiosa visita.

De lá para cá as coisas mudaram muito, o desmatamento, queimadas, grandes cidades, tecnologia, tudo em prol do desenvolvimento humano.

Hoje as pessoas veem o nativo indígena como um ser atrasado, outras veem como pessoas que não tiveram oportunidade de se desenvolver.

Em todas as formas constatamos que a população indígena foi praticamente extinta, onde muitos conseguiram ser um dos três da raça brasileira.

A sociedade foi “evoluindo” e exigindo mais espaços, invadindo áreas verdes, sem se preocupar com o reflorestamento, em que poucas cidades pensam nisso...

Mesmo assim estamos prestes a perder o nosso orgulho verde, que é a floresta amazônica, a população indígena que sobrevive por lá, é a primeira a gritar por socorro, pois é a primeira a ser perseguida porque são eles os principais protetores do ecossistema local, mas como o desmatamento é uma prática escusa e rotineira, ninguém dá importância para cuidar daquele “país” chamado Amazônia, onde até mesmo os estrangeiros sonham em internacionalizar a região, cujo lugar é uma verdadeira “mina de ouro”, contudo nós, brasileiros, não damos o devido valor, não sabemos se é por causa da distância dos grandes centros ou se é porque o nosso povo tem a mania de achar o que é de todos, não é de ninguém.

Os índios gritam desesperados por socorro, no mundo verde amazônico; em outros cantos da nossa terra “brasilis” não é muito diferente, pois em meio ao caos, esquecemos até que existem índios e tribos.

Nesse dia que intitularam ser do índio, pensemos na importância que esse povo teve e tem na criação dessa imensa nação de contraste e igualdades, que possamos acordar um dia e festejar esse dia como uma data de recomeço e de preservação ambiental, onde os nossos maiores fiscais da natureza, os índios, possam seguir seu destino como todos nós.



Marcelo de Oliveira Souza,IWA
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui