Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57526 )
Cartas ( 21184)
Contos (12609)
Cordel (10183)
Crônicas (22286)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44301)
Humor (18624)
Infantil (3908)
Infanto Juvenil (2855)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138253)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4988)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Dia da Mulher 2015 -- 05/03/2015 - 19:09 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Dia da Mulher 2015







As pessoas comentam sempre que esse é o século da igualdade, dos direitos e principalmente a época onde a mulher adquiriu plenamente os seus direitos, disputando com o homem as fileiras do emprego.

Muitas vezes outras pessoas colocam o radicalismo à risca, comparando o homem à mulher, proporcionando uma verdadeira disputa entre os sexos.

Uns falam que a mulher é o sexo frágil, outros dizem que ela é o sexo forte, que aguenta muitas coisas que o sexo oposto não aguenta.

Dentro desse contexto, é mostrado muitas pessoas do sexo feminino ocupando cargos plenamente masculinos, só para provar que ela consegue...

No aspecto da violência a mulher sofre muito mais, pois os bandidos covardemente abordam mais as mulheres e idosos, preferindo sempre o mais fácil.

No amor, as mulheres também sofrem mais, principalmente quando o seu parceiro é violento e possessivo, onde constatamos inúmeros casos de feminicídio.

O dia da mulher foi instituído para que ela seja lembrada fundamentalmente como mais um membro produtivo da sociedade, contudo, temos que lembrar dela também como um ser sensível sim e também como um sexo frágil, porque ela também deseja ser amada e cuidada, igualzinho como nos contos de princesa.

Pode ser até que a nossa sociedade estimule isso, contudo temos que olhá-la com mais paciência, com tolerância, lembrarmos que todos saímos d’um ventre feminino.

Por isso devemos valorizá-la muito e termos mais paciência ainda, não podemos trata-la como um ser rival do homem, mas a companheira e provedora da nossa alegria de todos os dias, afinal o homem de verdade jamais viverá sem uma mulher.





Marcelo de Oliveira Souza, IWA









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui