Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
49 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57091 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10090)
Crônicas (22210)
Discursos (3136)
Ensaios - (9013)
Erótico (13401)
Frases (43733)
Humor (18475)
Infantil (3786)
Infanto Juvenil (2710)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138298)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4885)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Avaliação VII Rec 7° ano -- 19/11/2019 - 22:16 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Colégio:

Data:

Aluno(a):                                                               Ano: 7°    Turno :

Professor Marcelo Souza

 

 

 

                     AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA

 

                      *Quem não estuda no inferno, se atrapalha no verão!   Autoria Própria

 

 

 

                               Mais Um Natal!

 

 

Essa época é muito especial na vida de muitos brasileiros, muitos deles já estão planejando onde irão passar  o final de ano e outros já pensam nas compras que irão fazer.

É assim que todo ano acontece, mas esquecemos de que o Natal é  mais  do que isso, pois é o nascimento do nosso grande mentor espiritual Jesus Cristo, um homem que deu uma grande prova de humildade, vindo nascer num estábulo rodeado de bichos.

Mesmo com tanta dificuldade é um dos nomes mais louvados do planeta, por toda sua superioridade de pensamento, contudo não o homenageamos como se deve, porque o maior presente para a essa Data seria a gente trabalhar a nossa humildade, o respeito ao próximo, nos irmanando aos problemas dos outros.

Não pretendemos que arquemos com a dívida das outras pessoas, tampouco que tentemos resolver o problemas psicológico ou religioso  de cada um, o importante é que pensemos no outro como a extensão de cada um de nós.

Homenageemos Jesus Cristo, oferecendo um pouco de gentileza e de paz a quem está ao nosso redor, não deixemos o “Espírito Natalino” somente para comer Cherster e Panetone, aproveitemos essa data para oferecer amor, tentemos modificar a cada ano o nosso comportamento, pois nós estamos aqui para melhorar, não para confrontar nossos bens materiais, elevemos nossos bens morais, porque todo ano tem Natal, mas não somos o mesmo a cada Natal, mesmo estando nas mesmas festas.

A nossa vida é um presente maravilhoso, festejemos cada dia, mas utilizemos nosso pensamento aberto para as boas ações, para a gentileza e a riqueza espiritual que essa data tão importante faça com que possamos refletir a cada dia como nos tornarmos em nosso íntimo e que essa linda festa se faça também dentro de cada um de nós.

 

 

Marcelo de Oliveira Souza,IwA

2x Dr. Honoris Causa em Literatura

Do blog http://marceloescritor2.blogspot.com

 

 

 

 

 

 

  1. Segundo o autor, como podemos ajudar sem gastar dinheiro:
  1. Fazendo campanhas sociais nessa época
  2. Pensando em cada um como uma extensão de todos nós
  3. Lembrando que o “Espírito Natalino” faz parte de cada um de nós
  4. Resolvendo na medida do possível o problema de todos, pois o problema de todos é também nosso.

 

  1. A partir do texto “Espirito Natalino”:
  1. É algo que vem no Natal
  2. É comer Cherster e Panetone
  3. É oferecer  gentileza e mensagem de paz
  4. É não confrontar nossos bens materiais no final de ano, afinal Natal não é para isso.
  • “, festejemos cada dia!” Faremos um estudo morfossintático a partir dessa oração, nas questões posteriores.

 

  1.  Morfologicamente as palavras da oração , são respectivamente:
  1. Pronome + verbo +advérbio
  2. Verbo + preposição + substantivo
  3. Verbo + pronome + substantivo
  4. Advérbio + preposição+ substantivo

 

  1.  Sintaticamente a oração é analisada da seguinte forma:
  1. Sujeito simples + Predicado verbal
  2. Sujeito oculto + Predicado verbal
  3. Sujeito indeterminado + Predicado nominal
  4. Sujeito indeterminado + Predicado verbo-nominal

 

  1. Ainda nessa mesma oração, temos um verbo que está no tempo e modo verbais:
  1. Pretérito perfeito do modo indicativo
  2. Futuro do presente do modo indicativo
  3. Pretérito imperfeito do modo subjuntivo
  4. Presente do modo subjuntivo

 

  1.       Quem não estuda no inferno, se atrapalha no verão!   Nesse período  temos  a seguinte figura de linguagem:
  1. Metáfora
  2. Antítese
  3. Eufemismo
  4. Onomatopeia

 

  1.  Os verbos dessa mesma oração são:
  1. Verbos transitivos diretos
  2. Verbos intransitivos
  3. Verbos de Ligação
  4. Verbos transitivos diretos e indiretos
  1. Ainda na citada oração podemos afirmar que:
  1.  Tem só um adjunto adnominal
  2.  Tem dois adjuntos adnominais + um adjunto adverbial
  3.  Tem dois adjuntos adverbiais
  4.  Não tem adjuntos adnominais nem adverbiais
  5.  Tem só um adjunto adverbial

 

 

 

  1.   “ ...comemoram o Natal”  o verbo está no seguinte tempo e modo:

 

  1.  Presente do indicativo
  2.  Pretérito perfeito do indicativo
  3.  Pretérito imperfeito do subjuntivo
  4. Futuro do presente do indicativo

 

 

  1. Conjugue o verbo SER nos três tempos do modo subjuntivo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Boa sorte & Um Feliz Natal!  J

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui