Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
79 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57107 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43758)
Humor (18486)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2717)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4891)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A Barra e a Pituba! -- 01/11/2013 - 08:40 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A Barra e a Pituba!



Dias tumultuados passam essas regiões, ditas nobres na capital baiana, cujos moradores se espremem entre a violência e a confusão de morar numa região de forte apelo turístico.

A Pituba já foi um dos bairros onde a vida noturna era bastante intensa, com muitos bares e casas de shows, aos poucos os empresários foram obrigados a migrar para outros locais, fugindo da insegurança, hoje nem os moradores se sentem seguros, até para sair pelas largas e perigosas ruas,quem mora ali têm que usar artifícios de fuga da bandidagem, uns colocam o dinheiro num saco plástico com lixo para ver se os incautos, “esquecem” a vítima.

Nesse bairro não estão liberando nem adolescentes de escola pública, acontecendo arrastões nas proximidades de um colégio do estado, a violência estendeu-se para os shoppings da região, locais onde rotineiramente sofrem assaltos e também arrastões.

Agora chegou a vez da Barra, onde existe uma das mais famosas praias do mundo, cantada e decantada por diversas revistas de turismo, cuja violência cresce assustadoramente.

As pessoas sempre se deparam assustadas com cenas de violência, drogas e de assassinato, onde as últimas pilérias foram a ameaça de arrastão, no Porto da Barra, com tiroteio e todos ingredientes de pânico; um espancamento na frente de um grande hospital da região, tudo em pleno dia; imagine durante à noite, quando a penumbra noturna abraça os bandidos.

Isso tudo acontece em dois dos bairros mais valorizados de Salvador, imagine o que acontece no centro da cidade e nos bairros populares, isso é a nossa cidade sucumbindo ao crime, restando para a gente, esconder-se atrás das grades domiciliares e rezar por dias melhores.



Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui