Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57060 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10081)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9004)
Erótico (13395)
Frases (43652)
Humor (18457)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2690)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138248)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4855)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Risco alto -- 08/09/2013 - 00:30 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Risco Alto





Tudo fica de alto risco quando não tenho eco.

Uma linha limítrofe quase tenue

imperceptível aos olhos

entre a vontade de extravassar a loucura e o bom senso.

Um bom senso contado pela cultura ou a falta dela criando parâmetros

para que o domínio das excentricidades vivas seja mais fácil.

Excentricidades vivas são as expressões reprimidas ou escondidas das pessoas ditas normais

que sabem dosar a permissão, voltam para casa e dormem.

Tudo fica de alto risco quando percebemos que o que somos nada tem a ver com o que

nos fazem acreditar que somos, e que bailamos entre o egoismo e a sensibilidade e que de vez em quando

somente, olhamos os outros.

Tão poucas vezes olhamos verdadeiramente os outros, as coisas, o mundo, esquecendo de nossos

umbigos que dizem "eu", que as excentricidades podem ter cara de canibalismo e risco de se converter em

assassinas em série.



Sim : todos carregamos a nossa fronteira de alto risco. Às vezes sabemos e podemos localizá-la com exatidão

e pode até ser que conversemos parados nela negociando conosco mesmo para não perder a retaguarda

do bom senso.



Fora isso, o risco é alto.

Sempre que coloquemos o bom senso para dormir, ou para assistir TV, o risco tem risco de ser risco.

Ainda bem.







_____________________________________________________________________
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 142 vezesFale com o autor