Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
166 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58295 )
Cartas ( 21211)
Contos (12901)
Cordel (10242)
Crônicas (22116)
Discursos (3152)
Ensaios - (9262)
Erótico (13458)
Frases (45483)
Humor (18987)
Infantil (4215)
Infanto Juvenil (3307)
Letras de Música (5511)
Peça de Teatro (1329)
Poesias (138803)
Redação (3008)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5291)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Águas da Jaguaruna -- 17/09/2013 - 05:16 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Mesmo ao passante casual - e raro, por sinal - a cidadezícula da Onça muito coreto

bagonça: o que há de aguadas explícitas, manifestas, expressas ali daria pra matar

a sede do mundo. Senão das poucas e raras visitas, ao menos dos selenitas que

nas noites de luar não fazem outra coisa se não espiar - e cobiçar tudo o que sua

luz mortiça, que a volúpias atiça, argentear.

E no entanto, a vida ali naquelas bibocas, já foi dura para as poucas centenas de

habitantes que se aglomeravam à sombra plácida da matriz de Santa Ana e das

jaboticabeiras altaneiras.

O seleiro Velusiano, em seu quinto matrimônio - sucedente ao que consta e

contavam quatro viuvezes naturais - cercado de filhos, não podia viver só da

sela, arreios e quintais. E nem a derrama, ali, já havia mais, de tão exauridos que

andavam aqueles veios de um ouro que não mais afluía, a não ser pra mangar

daquelas redobradas cacundas rodopiando bateias infecundas.

Assim, se pode imaginar, pelos relatos doutrora, a despeito das águas, se hora não

era de a gente já frouxa pegar a trouxa e ir embora.

A menina Tininha é que contava do gosto ácido do café de fedegoso, ou do sebo -

que o pai Velusiano, orgulhoso, quando tomava emprestado alegava precisar pra lustrar a sela

- ir para logo na panela...
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 230 vezesFale com o autor