Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59135 )

Cartas ( 21236)

Contos (13102)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46519)

Humor (19281)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138234)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->EMPÁFIA E CINISMO AO QUADRADO -- 15/07/2013 - 21:03 (Délcio Vieira Salomon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. EMPÁFIA E CINISMO AO QUADRADO



Em abril escrevi artigo em que apontava o cinismo petista, quando da aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça CCJ, projeto de emenda constitucional (PEC) que submete decisões do STF ao crivo dos congressistas. E dizia: “dizer que compõem esta Comissão o sr. Genoino e o sr. João Paulo ambos condenados pelo crime do mensalão!”.



Todos se lembram que uma das bandeiras das manifestações de rua em junho foi condenar a PEC 37 apresentada pelo PT com o objetivo de retirar do Ministério Público o poder de investigar.

A mesma CCJ considerou legal a proposta petista de ser competência do Congresso ratificar as decisões do Supremo sobre súmulas vinculantes e sobre leis inconstitucionais.

Em pouco tempo o PT tentou, no mínimo, subverter a ordem constitucional.



A todos pareceu que a “voz das ruas” teria sido ouvida pelo Partido dos Trabalhadores. Pura ilusão!



Hoje leio (15/07/2013) na Folha de São Paulo que o PT, através de projeto de lei do deputado Candido Vacarezza (PT-SP), pretende acabar com os recibos para doações eleitorais e permitir que políticos com contas de campanha rejeitadas pela Justiça eleitoral voltem a se candidatar nas eleições do próximo ano.



Difícil acreditar que o PT continue surdo diante do clamor das ruas. Fingimento, cinismo, hipocrisia parece estão surgindo como bandeiras no lugar da ética que caracterizou a fundação do PT.



Ao leigo em análise política seria permitido inferir dessas e de outras absurdas tentativas do PT que políticos petistas estejam tomando tais atitudes para mostrar ao povo que estão correndo atrás do tempo perdido e querem marcar posição com vistas às próximas eleições.



Mas para a maioria dos comentaristas o comportamento do PT, desde a condenação do mensalão pelo STF, tem sido de desespero e de insensatez. Se o PT se gloria de ser partido de esquerda, deveria ter aprendido com o antigo Partido Comunista a fazer neste momento a clássica “autocrítica”. Mas como foi apontado no início do texto, ao invés disso, o PT tem revelado, fingimento, cinismo, hipocrisia. Com um agravante a tal revelação: agem com empáfia, como a nos dizer, à maneira de seu líder supremo: ”nunca dantes na história desse país”, houve um partido com tanto poder como o nosso!



Diante do exposto veio-me á memória a célebre fábula de Fedro que, no primeiro ginasial traduzia do latim: A raposa e a máscara de tragédia. A raposa caminhando, em certo momento de seu percurso, encontra uma máscara de tragédia e fica admirada de tanta beleza nela contida, pega-a, mas observa que não tem cérebro, pois, só há a face: “cerebrum non habet”. O fabulista termina a fábula dizendo: “Hoc illis dictum est, quibus honorem et gloriam / Fortuna tribuit, sensum communem abstulit.” (“Isto foi dito para aqueles aos quais a sorte atribuiu honra e glória, porém tirou a razão comum”.) Sábia crítica aos homens que, ao atingirem a honra e a glória que o poder proporciona, acabam perdendo a razão, se esquecem do povo, só pensando em si mesmos. Como diz um tradutor e comentarista de Fedro: “Para eles “a fortuna” tirou o “senso comum” (= sensum communem) que é a virtude; e transformou-os em exímios demagogos”.



O PT não só perdeu o senso comum, mascarou o próprio rosto de empáfia e cinismo ao quadrado!









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui