Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
256 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57924 )
Cartas ( 21204)
Contos (12783)
Cordel (10233)
Crônicas (22048)
Discursos (3145)
Ensaios - (9188)
Erótico (13447)
Frases (45006)
Humor (18866)
Infantil (4083)
Infanto Juvenil (3105)
Letras de Música (5496)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138507)
Redação (2982)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2415)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5174)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Me Banhei de Felicidade -- 07/03/2003 - 15:24 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Me banhei de felicidade



Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade (*)

José de Sousa Dantas, em 25/02/2003



Livro bom vale a pena a gente ler,

conservar, comentar e divulgar,

procurar, consultar e aplicar

destacar, emprestar, mas receber,

o que é bom ninguém gosta de perder,

sobretudo se não tem paridade,

é difícil na atualidade

de encontrar uma boa produção.

Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade.



Naveguei visitando todos mares,

descobri uma ilha de alegria,

recheada de luz e harmonia,

e permeei nos mais altos patamares.;

prossegui e conheci outros lugares,

despertando mais curiosidade,

fui aceito com hospitalidade,

alcancei a maior satisfação.

Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade.



Mergulhei no atlântico da infância

e resgatei dos arquivos da memória

os melhores momentos da história

que mantêm o esplendor da substância,

cultivei as doçuras da fragrância,

senti tanto prazer e hilaridade,

que me dão mais coragem e liberdade,

energia, vigor e inspiração.

Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade.



Sempre há tempo na vida pra vencer,

trabalhar, ser feliz e viver bem,

procurando fazer o que convém,

estudar, aprender e conhecer.;

ensinar, renovar e promover,

um projeto de viabilidade,

fazer tudo com pontualidade,

festejando a moderna construção.

Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade.



Cada um deveria bem mais cedo (a)

conhecer as lições vitais da vida,

pra tornar-se pessoa evoluída,

superando os abalos sem ter medo,

que a vida afinal não é brinquedo,

é preciso ter sensibilidade,

paciência, visão, maturidade,

aprendendo um conjunto de lição.

Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade.



A leitura do livro me ajudou

a ampliar todo o meu conhecimento,

a lição clareou meu pensamento,

este grande presente me encantou,

viajando no barco já estou,

convivendo com outra realidade,

vou sentindo no peito uma saudade,

deste livro que fez revolução.

Navegando nas águas da emoção,

me banhei em total felicidade.



(*) Versos elaborados com base na leitura do livro “REVOLUCIONE SUA QUALIDADE DE VIDA –

Navegando nas águas da emoção”, de Augusto Cury. Editora Sextante.

(a)A vida, aprendemos tarde demais, está no viver, no tecido de cada dia e hora. Stephen Leacock.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui